Esportes

Time cruzmaltino é goleado em casa

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 9 de setembro (Folhapress) - O Bahia passeou em São Januário, humilhou o Vasco com 4 a 0, se afastou da luta contra o descenso e aumentou as críticas da torcida vascaína hoje, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time carioca permanece na quarta colocação, com 39 pontos, a 11 do líder Fluminense e dois a mais do que o quinto colocado Botafogo. Já o clube baiano subiu duas posições. Chegou ao 14º lugar, com 27 pontos, a sete da zona de rebaixamento. Torcedores vascaínos protestaram bastante, pediram reforços e hostilizaram o técnico Cristóvão Borges. As duas equipes mostraram pouco futebol no primeiro tempo, errando bastante e sem conseguir criar boas jogadas. Os visitantes, pelo menos, foram eficientes uma vez. Aos 40min, Jones Carioca cruzou da linha de fundo, pela direita, e Souza, livre na segunda trave, cabeceou no ângulo. O Vasco voltou vaiado aos vestiários. "A equipe não jogou o suficiente para vencer. A gente não imprimiu o ritmo que estamos acostumados a ter, principalmente em casa", afirmou o atacante Éder Luís ao canal Sportv. A equipe da casa retornou com o atacante equatoriano Tenorio no lugar do novato meia Jhon Cley. Mas sofreu outro gol logo aos 3min. Zé Roberto cruzou da ponta esquerda, e Jones Carioca teve duas chances para balançar a rede. O Bahia começou então a passear em São Januário. Aos 13min, Souza lançou Jones Carioca, que ganhou da zaga na corrida, entrou sozinho na área, driblou Fernando Prass e marcou 3 a 0. Em sua melhor atuação pelo tricolor, Jones Carioca passou para Hélder cruzar, Souza recebeu na área e tocou na saída do goleiro, aos 25min, fechando a goleada. Quarta-feira, o Vasco recebe o Palmeiras. No mesmo dia, o Bahia encara o Sport em Recife. VASCO Fernando Prass; Jonas, Douglas, Luan e Fabrício; Nilton, Fellipe Bastos, Juninho e Jhon Cley (Tenório); Eder Luis (Eduardo Costa) e Alecsandro. Técnico: Cristovão Borges BAHIA Marcelo Lomba; Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel (Kleberson), Diones, Hélder e Zé Roberto; Jones Carioca (Elias) e Souza. Técnico: Jorginho Estádio: São Januário, no Rio Árbitro: Raphael Claus Gols: Souza, aos 40min do 1º tempo e aos 25min do 2º tempo; Jones Carioca, aos 4min e aos 13min do 2º tempo Cartões Amarelos: Douglas (V) e Fahel (B) Cartão vermelho: Jonas (V)  

continua após publicidade