Esportes

Equipe alvinegra bate pernambucanos no Engenhão

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 9 de setembro (Folhapress) - O Botafogo abriu o placar no primeiro minuto e ampliou antes do intervalo, mas passou sufoco e contou com as finalizações erradas do Náutico para vencer por 3 a 1 no estádio Engenhão, hoje, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Graças aos gols de Elkeson, duas vezes, e Andrezinho, o clube carioca subiu para a quinta colocação, com 37 pontos. O Náutico, que descontou com Araújo, continua no 11º lugar, com 28.

Os visitantes careciam do lesionado artilheiro Kieza e do suspenso Martinez, que organiza seu meio-campo.

O time alvinegro sofreu os desfalques do goleiro Jefferson, do lateral esquerdo Márcio Azevedo, dos zagueiros Antônio Carlos e Fábio Ferreira, dos volantes Renato e Marcelo Mattos. Mas encontrou o caminho do gol.

Logo no primeiro minuto de jogo, o meia Andrezinho cruzou da ponta direita e o atacante Elkeson, sozinho na área, completou, de letra para as redes.

A equipe pernambucana não se abalou com o gol precoce. Teve mais presença no campo de ataque, no início do primeiro tempo. Os donos da casa eram mais perigosos nos contragolpes.

E, numa dessas tentativas, aos 33min, Andrezinho deu outro passe perfeito para Elkeson, que se livrou do zagueiro Ronaldo Alves na área e colocou a bola no canto.

No segundo tempo, o Náutico diminuiu sua desvantagem com o atacante Araújo, de pênalti, aos 9min. O árbitro Jailson Macedo de Freitas marcou falta do volante Gabriel em Souza, na área alvinegra.

O Botafogo resistiu à pressão, escapou do empate em várias oportunidades e fechou o placar com Andrezinho aos 46min, após contra-ataque encabeçado por Seedorf.

As duas equipes voltam a campo quinta-feira. O Botafogo recebe o Internacional, enquanto o Náutico visita o Grêmio.



BOTAFOGO

Renan; Lucas (Gilberto), Brinner (Vinicius), Dória e Lima; Gabriel, Jadson, Fellype Gabriel (Cidinho), Andrezinho e Seedorf; Elkeson. Técnico: Oswaldo de Oliveira



NÁUTICO

Gideão; Patric, Jean Rolt, Ronaldo Alves e Lúcio; Elicarlos, Dadá (Josa), Souza e Rhayner; Araújo e Dimba (Rogério). Técnico: Alexandre Gallo



Estádio: Engenhão, no Rio

Árbitro: Jailson Macedo Freitas

Gols: Elkeson, a 1min e aos 33min do 1º tempo; Araújo, aos 9min, e Andrezinho, aos 46min do 2º tempo

Cartões amarelos: Patrick e Josa (N)
 

continua após publicidade