Esportes

Hamilton vence a prova; Massa dá passagem a Alonso e fica em 4º

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 9 de setembro (Folhapress) - O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, não encontrou dificuldades pelo caminho e venceu o GP da Itália hoje, em Monza, seguido pelo mexicano Sergio Perez, da Sauber, e pelo espanhol Fernando Alonso, da Ferrari.

O brasileiro Felipe Massa, que largou em terceiro, teve que ceder passagem ao seu companheiro de equipe e terminou a prova na casa da Ferrari na quarta colocação. Kimi Raikkonen, da Lotus, foi o quinto, seguido por Michael Schumacher, da Mercedes.

Bruno Senna, da Williams, ficou em décimo. Com a vitória, Hamilton chegou aos 142 pontos no Mundial de pilotos da F-1 e assumiu a vice-liderança, atrás apenas de Alonso, que lidera o campeonato com 179 pontos.

Raikkonen é o terceiro, com 141 pontos, seguido por Sebastian Vettel (140), da Red Bull, que não terminou a prova em Monza.

A próxima etapa da F-1 acontece daqui a duas semanas, em Cingapura. Depois desta corrida faltarão mais seis para o fim da temporada, que terminará em Interlagos, São Paulo.

A corrida

Em seu melhor fim de semana na temporada, Massa pulou de terceiro para segundo logo na largada. Tentou até desafiar Hamilton no início, mas não teve carro para isso. Alonso, que afirmara ter perdido uma grande oportunidade para conseguir a pole, ganhou duas posições na largada.

Na segunda volta já era o sexto colocado. Em uma grande corrida de recuperação, não encontrou dificuldades para chegar aos primeiros lugares, a contar ainda com a ajuda de Massa, que facilitou a ultrapassagem.

Mas nem tudo foi fácil para o espanhol. Culpa de Perez, que o ultrapassou na volta 46 e garantiu a segunda colocação. Atrás do mexicano, Alonso comemorou de dentro do seu cockpit o abandono de Sebastian Vettel na volta 48.

Uma situação que deixa o atual campeão mais longe do título, mas ainda em condições para lutar. Webber também teve problemas e não completou a prova, para desespero da Red Bull, que sai da Itália sem pontuar.

Bruno Senna se beneficiou disso e conseguiu conquistar um ponto. Já Hamilton não encontrou adversários em Monza. Pole, dominou de ponta a ponta e deu mais um passo na tentativa de conquistar o título.

Mas o fim de semana foi positivo para Alonso, sobretudo, pois fica com mais folga na liderança. Antes da corrida de hoje, tinha 24 pontos de vantagem para Vettel e, agora, tem 37 sobre Hamilton, aparentemente o grande rival na luta pelo título.
 

continua após publicidade