Esportes

Equipe carioca perde de três e chega à quinta partida sem vitória

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 8 de setembro (Folhapress) - O Flamengo ainda não conseguiu sair da maré baixa no Campeonato Brasileiro. Perdeu por 3 a 0 para o Coritiba hoje, em jogo válido pela 23ª rodada, e completou cinco rodadas sem vencer na competição.

Lincoln, Rafinha e Everton Ribeiro marcaram os gols no Couto Pereira.

A última vez em que a equipe carioca conquistou os três pontos foi no dia 19 de agosto, quando bateu o Vasco por 1 a 0, na 18ª rodada. Com o revés de hoje, estacionou nos 27 pontos e ocupa a 13ª colocação.

Na estreia do técnico Marquinhos Santos, o Coritiba, que luta para se afastar da zona do rebaixamento, foi aos 25 pontos e respira um pouco mais aliviado, na 15ª posição da tabela.

Quarta-feira, às 20h30, os paranaenses enfrentam o Atlético-GO no Serra Dourada. No mesmo dia, às 21h50, o Flamengo tenta se reabilitar diante do Santos, na Vila Belmiro.

Embora tenha tomada a iniciativa do jogo nos minutos iniciais, o Flamengo praticamente não criou no primeiro tempo. Muitos erros de passe e dependência exagerada de Vagner Love. Quando o camisa 99 não funcionava, o resto do ataque também não oferecia perigo.

Na defesa rubro-negra, o lado esquerdo bateu cabeça e não se achou. As jogadas ofensivas do Coritiba aconteciam sempre pela direita, principalmente com o veloz lateral Ayrton.

Foi desse setor do campo que saiu o primeiro gol do Coritiba, aos 16min, quando Lincoln recebeu lançamento em profundidade, invadiu a área, deu um belo corte no zagueiro Frauches e teve toda a calma para concluir cruzado no gol de Felipe --Coritiba 1 a 0.

Pouco depois, aos 24min, outra chegada do Coritiba pelo lado direito do campo. Desta vez, Ayrton desceu em velocidade e arremata no gol rubro-negro. Felipe fechou o canto e fez a defesa.

Longe de apresentar um futebol de qualidade, os paranaenses não fizeram muito mais coisa no primeiro tempo. Teve uma bicicleta de Lincoln aos 27min que bateu na trave, mas o bandeira já assinalava impedimento.

Os cariocas exigiram pouquíssimo de Vanderlei. A melhor oportunidade do Flamengo no ataque foi um chute de longa distância de Vagner Love, aos 40min, que antes de sair pela linha de fundo, passou rente ao travessão.

Se a etapa inicial já foi ruim para o time rubro-negro, a etapa complementar foi ainda pior.

Susto no primeiro minuto, na jogada entrosada de Everton Ribeiro, Lincoln e Gil, que finalizou fraco e facilitou a vida de Felipe.

Adryan, substituto de Luiz Antônio, levou perigo ao gol paranaense aos 6 min, num chute da intermediária.

Mas o dia não era mesmo dos flamenguistas. Aos 12min, uma falha feia do zagueiro Wellington originou o segundo tento dos donos da casa. O jogador matou no peito e, ao tentar sair jogando, perdeu para Lincoln. O meia encontrou Rafinha livre na área e foi ele quem balançou a rede no Couto Pereira.

Aos 26min, o Coritiba ampliou a vantagem quando Deivid colocou Everton Ribeiro na cara do gol e o meia soltou uma bomba no alto da meta de Felipe. Três a zero e o reencontro com a vitória, para se afastar da zona da degola.



CORITIBA

Vanderlei; Ayrton, Rafel Bonfim (Luccas Claro), Demerson e Eltinho; Willian, Gil (Rui Díaz), Rafinha e Lincon (Robinho); Everton Ribeiro e Deivid. Técnico: Marquinhso Santos



FLAMENGO

Felipe, Léo Moura, Welinton, Frauches e Magal; Muralha, Ibson, Luiz Antonio (Adryan) e Bottinelli (Camacho); Negueba e Vagner Love. Técnico: Dorival Júnior



Local: Couto Pereira, Curitiba (PR)

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)

Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

Renda e público: R$ 249.499 e 12.033

Cartões Amarelos: Gil, Deivid, Lincon, Rui Díaz (C); Magal (F)

Gols: Lincon, aos 16min do primeiro tempo; Rafinha, aos 12min, e Everton Ribeiro, aos 26min

 

continua após publicidade