Esportes

Reggie Miller entra no Hall da Fama de Basquete

Da Redação ·
O astro Reggie Miller foi a maior estrela da turma que entrou no Hall da Fama do Basquete na noite de sexta-feira. O ex-jogador do Indiana Pacers e da UCLA foi introduzido no seleto grupo, que já contava com a sua irmã Cheryl, do memorial em Springfield. Assim, Reggie e Cheryl se tornaram os primeiros irmãos a fazer parte do Hall da Fama do Basquete. Cheryl Miller, eleita duas vezes a Jogadora Mais Valiosa no campeonato universitário pela UCLA e campeã olímpica em 1984, entrou no Hall da Fama em 1995 e estava presente ao evento para recebê-lo. "Eu tive a sorte de ter crescido na mesma casa de quem é absolutamente a melhor jogadora de basquete da história", disse Miller, enquanto sua irmã o observava, com os olhos cheios de lágrimas. "Eu estou orgulhoso de dizer que se não fosse por você, Cheryl Deann, eu não estaria aqui. Obrigado pela ajuda".

Miller deixou o basquete com o maior anotador de cesta de três pontos da história da NBA, com 2.560. A marca foi superada por Ray Allen em 2011. Sua atuação mais impressionante aconteceu em 1995, quando fez oito pontos seguidos em apenas 8,9 segundos durante duelo com o New York Knicks, no Madison Square Garden, pelas semifinais da Conferência Leste da NBA. Don Nelson, o treinador com mais vitórias na história da NBA, Ralph Sampson, três vezes eleito o jogador do ano, o cofundador da Nike, Phil Knight, a duas vezes medalhista de ouro olímpico Katrina McClain e a ex-treinadora da equipe feminina soviética Lidia Alexeeva também foram homenageados na noite de sexta-feira.

continua após publicidade