Esportes

Ponte Preta recebe Figueirense para manter a boa fase

Da Redação ·
A Ponte Preta passou por um momento conturbado no final do primeiro turno, mas se recuperou e é a dona da melhor campanha do returno, ao lado de Grêmio e Bahia, com sete pontos em três jogos. Para manter o embalo e aumentar a sequência invicta - três vitórias e um empate -, o time campineiro recebe o Figueirense neste sábado, às 18h30, no estádio Moisés Lucarelli, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se está na liderança do returno, a Ponte Preta também vem surpreendendo no geral. Apontado como candidato ao rebaixamento, a equipe de Campinas aparece em nono lugar, com 30 pontos. Em relação ao time que venceu o Flamengo, em Volta Redonda (RJ), na última rodada, o técnico Gilson Kleina promoverá três mudanças, todas elas forçadas. O goleiro Edson Bastos e o lateral-direito Cicinho receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão automática. Roberto Volpato e Nikão, que atuará improvisado na lateral, entram nas respectivas vagas. Outra alteração é a saída do atacante Luan para a entrada de Rildo. Um dos melhores em campo nas duas últimas partidas, Luan sentiu dores no glúteo e está com a garganta inflamada, sendo vetado pelo departamento médico. Mesmo atuando em casa, será mantido o esquema com três zagueiros, o 3-5-2, plenamente justificado por Gilson Kleina: "Podemos liberar nossos alas e até mesmo exigir menos dos nossos meias na marcação". Com os pés no chão, apesar do bom momento, Gilson Kleina destacou a melhora de rendimento do Figueirense desde que Márcio Goiano assumiu o comando. "O que me preocupa no Figueirense é o todo, o conjunto. Temos que manter a nossa postura, seja dentro ou fora de casa. A equipe deles mudou com a chegada do novo treinador. Precisamos fazer o jogo fluir aqui no Moisés", destacou.
continua após publicidade