Esportes

Merritt quebra recorde mundial dos 110m com barreiras

Da Redação ·
Campeão olímpico nos Jogos de Londres, o norte-americano Aries Merritt quebrou o recorde mundial dos 110 metros com barreiras ao cravar 12s80 na final da prova da etapa de Bruxelas da Diamond League, nesta sexta-feira, na Bélgica. Com o tempo, ele superou em sete centésimos a marca do cubano Dayron Robles, até então o mais veloz da história na distância. Robles havia marcado o recorde de 12s87 em 2008, na cidade de Ostrava, na República Checa, e desta vez viu Merritt se consagrar mais uma vez, após ter faturado a medalha olímpica em Londres com o tempo de 12s92. Esta era, até esta sexta, a melhor marca da carreira de Merritt. E o recorde fechou em grande estilo a temporada do velocista norte-americano, pois lhe garantiu o primeiro lugar na classificação final da temporada da Diamond League nesta prova, empatado com o seu compatriota Jason Richardson, com 18 pontos cada um. Merritt se sagrou campeão do ano por ter acumulado maior número de vitórias, primeiro critério de desempate. Richardson, por sinal, foi o segundo colocado da prova desta sexta, com 13s05, enquanto o jamaicano Hansle Parchment, bronze nos Jogos de Londres, foi o terceiro ao cronometrar 13s14. O próprio Merritt exibiu espanto com a marca histórica que obteve nesta sexta. "Não esperava bater o recorde. O ambiente e o público foram magníficos", comemorou. "Foi quase perfeito. Simplesmente tudo deu certo", completou.
continua após publicidade