Esportes

Com obras avançadas, reforma do Maracanã atinge 66%

Da Redação ·
O Maracanã, no Rio de Janeiro, atingiu 66% de conclusão de sua reforma para a Copa do Mundo de 2014, segundo a última medição feita no fim de agosto. A projeção é de que ao fim deste mês, os trabalhos atinjam a marca de 70%. O avanço das obras foi constatado por uma comitiva de 70 pessoas entre equipe técnica da Fifa e do Comitê Organizador Local (COL), que visitou o estádio na manhã desta quinta-feira. "É um avanço significativo. Pelo calendário programado para as obras, estamos avançados 16 dias ao previsto. O Maracanã vai se tornar um dos estádios mais modernos do mundo. Vamos deixar um grande legado tanto do estádio em si como em todo o seu entorno", comentou o vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. Além de avaliar o andamento da reforma do Maracanã, a visita dos técnicos tem por objetivo traçar planos de operação, como o esquema para cobertura jornalística da Copa, para a chegada e saída de torcedores e para a segurança nos estádios, entre outros temas. "Esses técnicos da Fifa têm a responsabilidade de planejar a operação da Copa das Confederações e da Copa do Mundo. Eles estão aqui para resolver detalhes operacionais interagindo com as equipes do COL e do Estado", explicou Fúlvio Danilas, diretor do escritório da Fifa no Brasil. Entre os técnicos da entidade havia especialistas nas áreas de competições, protocolo, credenciamento, comunicações, marketing, transporte e mobilização de voluntários. Um dos temas abordados nas reuniões foi a segurança no estádio após o Mundial de 2014, quando o Maracanã será usado principalmente para jogos entre clubes. O novo estádio estará equipado com 360 câmeras de vigilância e um sistema de controle pela polícia. Será construído posteriormente uma divisória para separar torcedores rivais. "Será uma divisória em vidro, com alta resistência, mas de forma que não atrapalhe a visão das pessoas do jogo. Nas arquibancadas de agora não existem pontos cegos", ressaltou Ícaro Moreno, presidente da Empresa de Obras Públicas do Rio, órgão estadual responsável pela reforma. A previsão de conclusão do Maracanã é fevereiro de 2013, com um custo total ligeiramente inferior a R$ 860 milhões. O estádio será uma das arenas da Copa das Confederações, no ano que vem.
continua após publicidade