Esportes

Bruno Soares é campeão de duplas mistas do US Open

Da Redação ·
O Brasil voltou a conquistar o título de um torneio do Grand Slam nesta quinta-feira, quando Bruno Soares se sagrou do campeão torneio de duplas mistas do US Open. Em parceria com a russa Ekaterina Makarova, ele foi campeão no Grand Slam norte-americano ao derrotar o polonês Marcin Matkowski e a checa Kveta Peschke por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (8/10), 6/1 e 12/10, em 1 hora e 29 minutos. Pela conquista do US Open, Soares e Makarova vão receber um prêmio de US$ 150 mil. O mineiro se tornou também o primeiro tenista profissional do Brasil a conquistar um título de um dos torneios de Grand Slam desde 2001, quando Gustavo Kuerten faturou o seu terceiro troféu em Roland Garros. Depois de Guga, o Brasil venceu um outro Grand Slam, com Tiago Fernandes, que conquistou o título de juvenis do Aberto da Austrália de 2010. Assim, Soares passa a fazer parte de um seleto grupo de jogadores do País que já ganharam um dos quatro principais torneios do tênis - os outros são Maria Esther Bueno e Thomaz Koch. Koch, aliás, era o único brasileiro a conquistar um torneio de duplas mistas. Em 1975, ele foi campeão de Roland Garros ao lado da uruguaia Fiorella Bonicelli. Na campanha do título do US Open, Soares e Makarova conquistaram vitórias expressivas nos dois jogos iniciais. Na primeira rodada, eles bateram os norte-americanos Mike Bryan e Lisa Raymond. Depois, na segunda rodada, derrotaram a belga Kim Clijsters, naquela que foi a sua última partida como tenista profissional, e o norte-americano Bob Bryan. Nas quartas de final, o brasileiro e a russa venceram o holandês Jean-Julien Rojer e a australiana Anastasia Rodionova. Os checos Frantisek Cermak e Lucie Hradecka foram os últimos adversários de Soares e Makarova antes da decisão. A FINAL - O primeiro set da final de duplas mistas foi equilibrado. Soares e Makaravova converteram um break-point no terceiro game. Depois disso, ficaram em vantagem até o 10º game, quando o brasileiro sacava para fechar a parcial, mas teve o seu serviço quebrado. Nos dois games seguintes, as duplas trocaram quebras de saques. Assim, disputa seguiu para o tie-break, vencido por Peschke e Matkowski por 10/8. Soares e Makarova se recuperaram no segundo set. O brasileiro e a russa dominaram completamente a parcial e abriram 5/0, com duas quebras de saque, no segundo e quarto games. Depois, confirmaram o serviço mais uma vez para fechar a parcial em 6/1 e provocaram a disputa do super tie-break. O set decisivo, mais curto, foi emocionante. Soares e Makarova chegaram a abrir 8/4 e ficaram muito perto de conquistar o título, mas permitiram a reação de Peschke e Matkowski. Assim, o brasileiro e a russa precisaram salvar dois match-points. Depois, na primeira chance que tiveram para conquistar o título ao fechar o super tie-break em 12/10.
continua após publicidade