Esportes

Bolt quer fechar ano 'em alta' e pegar o Real Madrid

Da Redação ·
Depois de se consagrar bicampeão olímpico das duas provas mais rápidas do atletismo nos Jogos de Londres, Usain Bolt manteve a sua rotina de vitórias com medalhas de ouro nos 200 metros nas etapas de Lausanne e Zurique da Diamond League, no fim do mês passado. Nesta sexta-feira, o velocista jamaicano fechará a sua temporada disputando a jornada de Bruxelas da competição, onde correrá os 100 metros para terminar em grande estilo o seu histórico ano. "Eu mantive o meu corpo em boa condição para este momento e para encerrar a temporada em alta", ressaltou o recordista mundial, nesta quinta-feira, em entrevista coletiva na Bélgica, onde lembrou que ainda precisa cumprir o seu último objetivo antes de curtir as férias. "Essa é a minha última prova na temporada, desta forma quero fazer um bom tempo e ir para a minha casa feliz", completou. Em Londres, Bolt levou o ouro nos 100 metros ao cravar 9s63, novo recorde olímpico. Já em Bruxelas, o velocista ao menos tentará superar a melhor marca da competição, de 9s76, conquistada por ele próprio no ano passado. O seu recorde mundial na distância, obtido em 2009, é de 9s58. Em busca deste último objetivo no ano, o astro maior do atletismo na atualidade voltou a falar sobre outra grande paixão de sua vida: o futebol. Na última quarta, em sua coluna oficial na revista do Manchester United, o técnico Alex Ferguson disse que o jamaicano poderá disputar um jogo pelo time em um amistoso beneficente do clube inglês, que é o preferido do velocista. E, nesta quinta, o atleta afirmou que gostaria de poder encarar outro gigante do futebol mundial em uma partida de caráter festivo. "Adoraria jogar uma partida deste tipo contra o Real Madrid", revelou. E este confronto diante do time espanhol poderá realmente acontecer para Bolt, pois Ferguson revelou que o astro tem chance de estar em campo com a camisa madrilenha no próximo ano, na partida que a equipe inglesa costuma realizar anualmente contra lendas do Real Madrid. "Não sei quando poderia ser, mas definitivamente eu gostaria de jogar esta partida", acrescentou o jamaicano. Bolt ainda enfatizou nesta quinta que pensa em jogar futebol em outras ocasiões apenas por diversão durante as suas férias. Ele vê a prática do popular esporte como uma forma de aliviar o estresse provocado pelo sempre exigente atletismo. "Agora que terminou a temporada e os Jogos Olímpicos eu poderei jogar muito mais futebol na Jamaica", festejou.
continua após publicidade