Esportes

Grêmio sofre para vencer e sobe para o segundo lugar

Da Redação ·
O Grêmio venceu o Atlético Goianiense por 2 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, pela 22.ª rodada, e se aproximou ainda mais da briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. O clube tricolor gaúcho avançou para o segundo lugar, com 44 pontos, a um do Atlético Mineiro, que é o primeiro colocado. Mas as posições não estão consolidadas. Os dois clubes podem ser ultrapassados pelo Fluminense, que tem 44 pontos e pega o Santos nesta quinta. O Atlético Goianiense permanece com 16, na zona de rebaixamento. Nos primeiros minutos, o Grêmio deu a impressão de que faria do jogo uma marcha triunfante e colocou em festa os mais de 46 mil torcedores que lotaram o estádio Olímpico. Logo aos dois, o atacante Leandro acertou a trave do Atlético Goianiense. Nos 17 minutos seguintes, Elano comandou o espetáculo e concluiu quatro vezes com perigo. Uma cabeceada foi para fora e um dos chutes foi defendido por Márcio. Os outros dois entraram. O primeiro gol foi de falta, aos 10. O segundo, aos 19, foi uma conclusão certeira de um passe recebido de Zé Roberto. Mas a perspectiva de um passeio acabou virando um drama para o time gaúcho. Aos 24 minutos, o goleiro Márcio cobrou falta, Marcelo Grohe defendeu, a defesa não afastou o rebote e Marino descontou para o Atlético Goianiense. Daí em diante o jogo se tornou equilibrado e o visitante esteve perto de empatar diversas vezes. Em pelo menos duas delas Marcelo Grohe salvou o Grêmio, defendendo chutes frontais de Patric e Ernades, aos 27 e 28 minutos do segundo tempo. FICHA TÉCNICA GRÊMIO 2 x 1 ATLÉTICO-GO GRÊMIO - Marcelo Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando, Souza, Zé Roberto e Elano (Marco Antônio); Leandro (Rondinelly) e André Lima. Técnico: Vanderlei Luxemburgo. ATLÉTICO-GO - Márcio; Marino, Reniê, Gustavo e Eron (Alexandre); Carlos, Dodó, Ernandes e Danilinho; Wesley (Diego Giareta) e Ricardo Bueno (Patric). Técnico: Jairo Araújo. GOLS - Elano, aos 10 e aos 19, e Marino, aos 24 minutos do primeiro tempo. CARTÕES AMARELOS - Werley e Fernando (Grêmio); Gustavo, Alexandre e Ernandes (Atlético-GO). ÁRBITRO - Ronan Marques da Rosa (SC). RENDA - R$ 559.923,00. PÚBLICO - 46.309 torcedores. LOCAL - Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS).
continua após publicidade