Esportes

Flamengo perde em casa da Ponte e amplia crise

Da Redação ·
Firme na defesa e veloz nos contra-ataques, a Ponte Preta obteve nesta quarta-feira a sua primeira vitória sobre o Flamengo, em jogos disputados no Rio, na história dos Brasileiros. Venceu por 1 a 0, gol de Uendel, ainda no primeiro tempo. O lateral foi o destaque da partida, assim como o goleiro Edson Bastos, decisivo em três lances. Fez duas defesas, de reflexo e elasticidade, no final do jogo, e teve participação direta no único gol marcado no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Edson Bastos iniciou o contra-ataque 'fatal' com um lançamento para Luan. O atacante dominou a bola pela esquerda, livrou-se de Leonardo Moura e deu passe perfeito para Uendel, que surgiu na área do Flamengo para encobrir o goleiro Felipe. Para o time carioca, a derrota sinaliza dias de crise na Gávea. O clube já começou a semana de forma conturbada, com um deslize do atacante Adriano, que faltou ao treino e criou uma situação delicada para a diretoria. Como no domingo o Fla perdeu de goleada para o Inter (4 a 1), a nova derrota deixou Dorival Jr. em situação de alerta. Nervoso, ele chegou a ser expulso do banco de reservas nesta quarta. "Vergonha, time sem vergonha" era o cântico dos rubro-negros ao final da partida, a de número 400 de Leonardo Moura com a camisa do Flamengo. Para Uendel, autor do gol, a Ponte soube aproveitar o que tem de mais forte. "Nosso contra-ataque é muito veloz e tivemos a sorte de pegar a defesa do Flamengo aberta", disse. O placar poderia ser ainda mais favorável para o time de Campinas se o árbitro Elmo Cunha não ignorasse pelo menos um pênalti claro sofrido por Uendel e se Roger não desperdiçasse o gol diante de Felipe, já nos descontos. FICHA TÉCNICA: FLAMENGO 0 X 1 PONTE PRETA FLAMENGO - Felipe, Leonardo Moura, Thiago Medeiros, Welinton e Ramon; Amaral (Negueba), Luiz Antônio, Ibson (Nixon) e Bottinelli; Liedson (Hernane) e Vagner Love. Técnico - Dorival Jr. PONTE PRETA - Edson Bastos; Tiago Alves, Ferron e Diego Sacoman; Cicinho, Baraka, Renê Jr, Marcinho (Nikão) e Uendel; Giancarlo (Roger) e Luan (André Luís). Técnico - Gilson Kleina.

ÁRBITRO - Elmo Cunha (GO). GOL - Uendel, aos 20 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Elmo Cunha (GO).

CARTÕES AMARELOS - Ferron, Cicinho, André Luís, Thiago Medeiros e Ramon.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

continua após publicidade