Esportes

Desfalcado, Atlético-MG encara o Bahia para seguir líder

Da Redação ·
Depois de perder a sua segunda partida no Campeonato Brasileiro para o Corinthians no último domingo, o Atlético Mineiro entra em campo, a partir das 19h30 desta quarta-feira, para enfrentar o Bahia com uma missão hercúlea para manter a liderança da competição. Além de a partida da 22.ª rodada ser no estádio de Pituaçu, em Salvador, o time de Belo Horizonte tem quatro importantes desfalques confirmados e mais uma dúvida para o jogo. Além do próprio futebol, um dos desfalques também terá que ser superado psicologicamente. Pela primeira vez desde que chegou ao Atlético, em junho, Ronaldinho Gaúcho, que vem se destacando em praticamente todas as partidas da equipe mineira, ficará de fora de um jogo. Ele levou o terceiro cartão amarelo contra o Corinthians e terá que cumprir suspensão automática. A situação é a mesma do zagueiro Réver - que já desfalcaria o time para servir à seleção brasileira -, além de Júnior César, que foi expulso na última partida. Já o atacante Jô se recupera de lesão e continua vetado. Para piorar, o meia Danilinho acusou dores na coxa no treino desta terça e se tornou dúvida. "Temos várias baixas. Sempre falei que temos que ter grupo nesse campeonato difícil. Tem que estar pronto para quando surgirem as oportunidades. Tenho confiança nesse pessoal que vai entrar e fazer um grande jogo", afirmou o técnico Cuca. Ele disse que não definiu quem terá a importante missão de substituir Ronaldinho Gaúcho, mas que o jogador terá que entrar "com a maior entrega". "Quem jogar no lugar dele vai jogar com o maior entusiasmo. Porque é um jogo decisivo. Nós queremos manter a liderança, que é difícil", salientou.
continua após publicidade