Esportes

Cristiano Ronaldo nega que problema seja dinheiro

Da Redação ·
Depois de um dia de muitas especulações, Cristiano Ronaldo resolveu encerrar o silêncio no começo da noite desta terça-feira na Espanha. Pelo seu perfil no Facebook, o astro português tentou explicar a declaração de domingo, quando disse que estava triste. O atacante negou a versão dos jornais espanhóis, de que o problema é dinheiro. "Que eu esteja triste e o tenha dito criou uma enorme celeuma. Acusam-me de querer mais dinheiro, mas há de provar-se um dia que esse não é o ponto", disse ele, nesta terça, em texto publicado em português e em inglês e que repercutiu rapidamente entre as 48 milhões de pessoas no mundo todo que "curtiram" a página de Ronaldo no Facebook. Mesmo sem constar um texto em espanhol, ele se dirigiu aos torcedores do Real. "Neste momento, queria só garantir aos torcedores do Real Madrid que a minha motivação, dedicação, empenho e vontade de ganhar todas as competições não serão afetados. Tenho demasiado respeito por mim próprio e pelo Real Madrid para algum dia dar menos ao clube do que aquilo de que sou capaz", completou ele, encerrando com um "abraço a todos os madridistas." De acordo com a imprensa espanhola, o problema de Cristiano Ronaldo é seu salário, mais baixo que o que recebe o argentino Conca na China, por exemplo. Além disso, ele estaria magoado com Casillas, que defendeu o colega de seleção espanhola Iniesta como o melhor do mundo da temporada. Ronaldo luta para ser escolhido como Bola de Ouro e acredita não ter o apoio nem dos companheiros.
continua após publicidade