Esportes

Murray domina Raonic e avança às quartas do US Open

Da Redação ·
Andy Murray não teve maiores problemas para confirmar o seu favoritismo e garantir vaga nas quartas de final do US Open. Terceiro cabeça de chave do Grand Slam disputado em Nova York, o tenista britânico avançou ao vencer o canadense Milos Raonic por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/4 e 6/2, em jogo encerrado no final da noite da última segunda-feira. Empolgado com o seu desempenho, Murray disse que este foi o "seu melhor jogo neste torneio", enquanto Raonic reconheceu a superioridade do seu adversário. "Ele me tirou do jogo. Não pude fazer muita coisa. Ele simplesmente fez muitas coisas boas hoje (segunda)", afirmou o canadense. Com o triunfo sobre o rival, Murray enfrentará na próxima fase o croata Marin Cilic, 12.º cabeça de chave, que na última segunda-feira superou o eslovaco Martin Klizan por 7/5, 6/4 e 6/0. Para se garantir nas quartas de final, o tenista número 4 do mundo exibiu grande eficiência diante de Raonic. Além de aproveitar quatro de 12 chances de quebrar o saque do canadense, ele não cedeu nenhum break point ao rival em toda a partida. Para completar, cometeu apenas 12 erros não-forçados, contra 27 do rival. O britânico ainda ganhou 88% dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro serviço. Diante de Cilic, Murray defenderá um retrospecto positivo de seis vitórias e apenas uma derrota sofrida para o croata. E o único revés contra o rival aconteceu no US Open de 2009, quando o britânico caiu por 3 sets a 0. De lá para cá, porém, o quarto colocado do ranking da ATP levou a melhor sobre o atual 13.º tenista do mundo no Aberto da Austrália e no Masters 1.000 de Paris de 2010 e depois neste ano em Wimbledon.
continua após publicidade