Esportes

Juliana e Larissa caem e não faturam título antecipado

Da Redação ·
As brasileiras Juliana e Larissa adiaram o sonho de conquistar o sétimo título do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Neste sábado, elas não conseguiram avançar às semifinais da etapa da Finlândia, realizada na ilha de Aland, assim como Maria Clara e Lili. Com isso, a definição do campeonato ficou para a última etapa. Com o resultado em Aland, Juliana e Larissa chegaram aos 5.320 pontos e permanecem na liderança do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, à frente das chinesas Chen Xue e Zhang Xi, que somam 5.240. Na última etapa, na Tailândia, em Bangsaen, marcada para outubro, elas precisam da medalha de prata para conquistar o título do Circuito Mundial. Mas caso as asiáticas não faturem o ouro, as brasileiras só precisam ficar uma posição atrás da dupla chinesa para se sagrarem campeãs. Derrotadas nas oitavas de final, Juliana e Larissa começaram o dia na repescagem com vitória sobre as alemãs Banck e Walkenhorst por 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 21/16. Depois, porém, em duelo que valia uma vaga nas semifinais, perderam para as russas Ukolova e Khomyakova por 2 sets a 0, com parciais de 21/18 e 21/19. Larissa culpou o desgaste pela queda precoce na etapa finlandesa do Circuito Mundial. "A temporada foi muito longa, me sinto cansada mentalmente e não consegui manter a concentração. Jogamos muitos torneios este ano e agora é hora de voltar ao Brasil", disse. Também neste sábado, Maria Clara e Lili perderam a chance de disputar a semifinal na Ilha de Aland com a derrota para as alemãs Holtwick e Semmler por 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 23/21. A etapa da Tailândia, que fechará a temporada do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, será disputada entre os dias 23 e 28 de outubro em Bangsaen. O Brasil tem seis duplas inscritas no torneio: Juliana/Larissa, Taiana/Vivian, Maria Clara/Val, Ângela/Lili, Ágatha/Bárbara Seixas e Renata/Elize Maia.
continua após publicidade