Esportes

Ferrer e Almagro avançam às semifinais na Suécia

Da Redação ·
O espanhol David Ferrer está classificado para as semifinais do Torneio de Bastad, na Suécia, que dá 250 pontos ao campeão no ranking da ATP e é disputado em quadras de saibro. Nesta sexta-feira, o número 5 do mundo derrotou o compatriota Tommy Robredo, que está apenas em 199º lugar no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/0, em 2 horas e 4 minutos. Robredo, que conseguiu uma quebra de serviço na única oportunidade que teve, chegou a causar dificuldades a Ferrer. Porém, o número 5 do mundo venceu ao converter um break point no primeiro set e outros três no terceiro. Além disso, venceu 79% dos pontos disputados no seu primeiro serviço. Classificado para as semifinais, Ferrer já conhece o seu próximo adversário na Suécia. Ele vai duelar com búlgaro Grigor Dimitrov, número 69 do mundo, que nesta sexta-feira derrotou espanhol Albert Ramos, 46ºcolocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/1) e 6/3. Número 10 do mundo, o espanhol Nicolas Almagro também confirmou o seu favoritismo em Bastad ao vencer o compatriota Daniel Guimeno-Traver, 106º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 4/6 e 6/3, em 2 horas e 15 minutos. Cada tenista fez sete aces na partida, enquanto Gimeno-Traver cometeu quatro duplas-faltas, uma a menos do que Almagro, que venceu 78% dos pontos disputados no seu primeiro serviço, contra 75% do seu oponente. Cada tenista conseguiu uma quebra de saque. Almagro salvou 11 break points e seu adversário evitou que o saque fosse quebrado outras quatro vezes. Campeão em Bastad em 2010, Almagro vai enfrentar nas semifinais o checo Jan Hajek, número 102 do mudo, que venceu o estoniano Jurgen Zopp, 84º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3. BRUNO SOARES - O brasileiro Bruno Soares está classificado para a final da chave de duplas do Torneio de Bastad. Em parceria com o austríaco Alexander Peya, o tenista mineiro venceu nesta sexta-feira o romeno Adrian Ungur e o italiano Filippo Volandri por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0, em apenas 41 minutos. Soares e Peya venceram 82% dos pontos disputados no primeiro serviço e 71% no segundo, contra apenas 40% e 29%, respectivamente, da dupla adversária. Eles também obtiveram cinco quebras de serviço em sete oportunidades e não tiveram o saque ameaçado sequer uma vez. Desde a conquista do Brasil Open, em fevereiro, Soares não disputa a final de um torneio. Na decisão, o brasileiro e Peya vão enfrentar os vencedores do duelo entre as duplas Horia Tecau/Robert Lindstedt e Paul Hanley/Julian Knowle.
continua após publicidade