Esportes

Thiago Braz ganha ouro no Mundial Juvenil de Atletismo

Da Redação ·
O brasileiro Thiago Braz conquistou a medalha de ouro no Mundial Juvenil de Atletismo, ao vencer a prova do salto com vara, nesta quinta-feira, em Barcelona, na Espanha. Foi o segundo título do Brasil na história da competição, repetindo o feito de Clodoaldo Gomes da Silva, que ganhou a disputa de 20km na edição de Lisboa (Portugal), em 1994. Uma das revelações do atletismo do Brasil, Thiago bateu quatro vezes o seu próprio recorde brasileiro juvenil para ser campeão nesta quinta-feira. Sua melhor marca até então era de 5,35 metros. Mas ele cravou 5,55 metros, depois de passar por 5,40m, 5,45m e 5,50m, para conquistar a medalha de ouro. Na prova em Barcelona, Thiago superou o croata Ivan Horbat, medalhista de prata, e o canadense Shawanacy Barber, que ficou com bronze. Os três atingiram a mesma marca de 5,55 metros, mas o brasileiro ficou na frente por ter ultrapassado o sarrafo logo na sua primeira tentativa. Natural de Marília, no interior de São Paulo, Thiago tem apenas 18 anos e trabalha com Elson Miranda, o mesmo treinador da campeã mundial Fabiana Murer. Ele também recebe orientação do ucraniano Vitaly Petrov, que é consultor da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e já foi o técnico dos dois maiores astros da história do salto com vara, o ucraniano Sergei Bubka e a russa Yelena Isinbayeva. "O ouro foi uma surpresa porque o Thiago nunca tinha saltado essa altura. Mas isso é fruto de um trabalho que está dando certo, juntamente com o Vitaly (Petrov)", comemorou Elson Miranda. "Foi mais uma grande conquista para o atletismo brasileiro e isso me deixa muito feliz." "Eu e o Vitaly estamos muito contentes. O gratificante é ver que o trabalho não é isolado, não é só a Fabiana (Murer) que vem obtendo resultados", afirmou Elson Miranda, ressaltando, porém, que Thiago precisa continuar trabalhando duro para evoluir na prova, pois tem apenas 18 anos. Pensando justamente nisso e numa eventual participação na Olimpíada do Rio, em 2016, Thiago foi convidado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para conhecer agora a Vila Olímpica de Londres, dentro de um programa de preparação de jovens talentos do esporte do Brasil, o Projeto Vivência Olímpica. Antes do ouro de Thiago no salto com vara, o Brasil já tinha conquistado outra medalha nesta edição do Mundial Juvenil de Atletismo. Na última quarta-feira, a catarinense Tamaris de Liz conseguiu o bronze na prova dos 100 metros.
continua após publicidade