Esportes

Wiggins aumenta vantagem na ponta da Volta da França

Da Redação ·
O francês Pierre Rolland venceu nesta quinta-feira a 11ª etapa da Volta da França, considerada uma das mais difíceis desta edição da prova, enquanto o britânico Bradley Wiggins superou o australiano Cadel Evans, atual campeão da disputa, na subida final para aumentar a sua vantagem na classificação geral. Assim, Rolland garantiu a segunda vitória consecutiva da equipe Europcar nesta edição da Volta da França. A etapa desta quinta-feira teve um percurso de 148 quilômetros nos Alpes, desde Albertville até o centro de esqui de La Toussuire. O francês cronometrou o tempo de 4h43min54 e superou por 55 segundos o seu compatriota Thibaut Pinot. O britânico Christopher Froome cruzou a meta em terceiro lugar, com o mesmo tempo do segundo colocado. Wiggins e outros dois candidatos ao título, o italiano Vincenzo Nibali e o belga Jurgen Van Den Broeck, que estão em terceiro e quinto lugar, respectivamente, na classificação geral, chegaram dois segundos depois. "Levei seis meses sonhando com esta etapa, recebi um monte de mensagens esta manhã dizendo 'é o seu momento, é seu momento'", comentou Rolland. "É minha segunda vitória nos Alpes em dois anos, não tenho palavras para descrever esta sensação", completou o francês, que ganhou apesar de sofrer um pequeno acidente no final da etapa. "Isso não ia me deter", afirmou. Wiggins e seus companheiros da equipe Sky, entre eles Froome, se defenderam bem dos ataques na luta pela camiseta amarela, destinada ao líder da Volta da França, nas três importantes subidas desta etapa. Evans perdeu o segundo lugar na classificação, e agora terá dificuldades para repetir o seu título de 2011, após perder mais de um minuto para Wiggins, que está com o tempo total de 48h43min53. O australiano iniciou a etapa 1min53 atrás do primeiro colocado e agora está com uma desvantagem de 3min19 e apenas na quarta colocação. Froome ocupa o segundo lugar, com 2min05 a mais do que o líder. A Volta da França prossegue nesta sexta-feira, nos Alpes, com a realização da 12ª está, com um percurso de 225,3 quilômetros entre Saint-Jean-de-Maurienne e Annonay Davézieux.
continua após publicidade