Esportes

Foi o meu título mais importante, diz Marcos Assunção

Da Redação ·

Capitão do Palmeiras, Marcos Assunção é um dos jogadores mais importantes do elenco e mostrou mais uma vez ser decisivo para o time, na quarta-feira, ao cobrar a falta que originou o gol que garantiu a conquista do título da Copa do Brasil, no empate por 1 a 1 com o Coritiba. Emocionado, o jogador disse que o título foi o mais importante da sua carreira.


"Este é o título mais importante da minha vida", disse Marcos Assunção, de 35 anos, que teve a honra de levantar o troféu da Copa do Brasil na noite de quarta-feira e já havia sido campeão por Santos (Torneio Rio-São Paulo e Copa Conmebol), Roma (Campeonato Italiano e Supercopa da Itália), Bétis (Copa do Rei) e Al Ahli (Copa dos Emirados Árabes).


Um dos heróis do título palmeirense, Marcos Assunção pode ter conquistado na quarta-feira o último título da sua carreira, já que cogita se aposentar no final deste ano. Apesar da sua importância para o time, o volante preferiu exaltar a união e empenho do grupo palmeirense.

continua após publicidade

"É jogo por jogo, luta por luta, como foi para chegar até aqui. Estamos todos de parabéns: torcida, jogadores... O Felipão formou uma família, e isso nos fortaleceu", comentou.


Durante a festa pelo título, Marcos Assunção mostrou que o discurso do ex-capitão do BOPE, que deu palestra ao elenco palmeirense, foi bem assimilado. "A missão está cumprida. Como diz o capitão do BOPE: 'missão dada é missão cuprida'. O time sabia a pressão que seria aqui, mas conseguimos suportar e fomos campeões de uma forma maravilhosa: invictos."