Esportes

Paulinho e Alex divergem sobre saída do Corinthians

Da Redação ·
O volante Paulinho e o meia Alex deixaram o Pacaembu com discursos diferentes, nesta quarta-feira. Enquanto o primeiro transparecia a sua vontade em permanecer no Corinthians, Alex já usava um discurso de despedida. O camisa 8 está em negociação com a Internazionale, onde ganharia 300 mil euros mensais (aproximadamente R$ 750 mil) e o meia tem uma sedutora proposta do Al-Gharrafa, do Catar, além de sondagens da Rússia e da Inglaterra. "A proposta existe, sei que é boa pra mim e para os donos dos meu direitos, mas dinheiro não é tudo. Vou ganhar aqui, vou ganhar lá. Sei que a diretoria está fazendo um esforço para eu ficar e quero definir o mais rápido possível", afirmou Paulinho. Os italianos prometem desembolsar cerca de R$ 22 milhões para contratá-lo e o clube acena com aumento salarial. "A direção ainda não passou, não falou sobre aumento comigo. Mas quem vai decidir sou eu e repito, dinheiro não é tudo, não é importante nesse momento". Se Paulinho "esnoba" as cifras italianas, para Alex é justamente o contrário. "Já estou com 31 anos, tenho uma proposta excelente do Catar, outras da Rússia e Inglaterra. É o momento de pensar na família. Se for só para jogar um futebol competitivo fico, mas estou balançado. Tenho de falar com minha mulher, ver o futuro dos meus filhos". Enquanto define a vida dos titulares, o Corinthians também vai se reforçando. O atacante peruano Paolo Guerrero fez um exame nesta quarta, fará outro nesta quinta e deve ser apresentado em breve. O clube vai pagar 3 milhões de euros (quase R$ 7,5 milhões) pelo goleador do Hamburgo, que receberá salário top.
continua após publicidade