Esportes

Brasil tem cinco vitórias em etapa do vôlei de praia

Da Redação ·
As duplas brasileiras da chave principal masculina tiveram cinco vitórias e apenas uma derrota no primeiro dia do Grand Slam de Berlim, etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, nesta quarta-feira. Alison/Emanuel e Benjamin/Bruno Schmidt já estão garantidos nos playoffs. Márcio e Pedro Solberg ainda brigam pela classificação. Finalistas das últimas quatro etapas do Circuito Mundial, Alison e Emanuel não perderam sets nesta quarta-feira, passando pelos ucranianos Samoday e Popov e pelos chineses Xu e Wu. Na quinta, eles fecham a fase de grupos contra os alemães Klemperer e Koreng. "Começamos o torneio bem, com boas atuações e vitórias nos dois primeiros jogos. O jogo contra a dupla da Alemanha será perigoso, pois eles estão motivados por estarem jogando em casa. Teremos que ter tranquilidade e traçar uma boa estratégia para a partida. Será uma boa preparação para Londres", comentou Alison. O mesmo aconteceu com Benjamin e Bruno Schmidt, que tiveram ainda mais facilidade para vencer os brasileiros naturalizados georgianos Jorge e Renatão e os noruegueses Skarlund e Spinanngr. Na última rodada, eles pegam os donos da casa Dollinger e Windscheif. Já Márcio e Pedro Solberg começaram o dia vencendo sem problemas Lochhead e Pitman, da Nova Zelândia. Depois, porém, eles foram surpreendidos pelos canadenses Saxton e Redmann. Agora, precisam vencer os norte-americanos Fuerbringer e Lucena. "Fizemos um bom jogo na estreia, com muita regularidade, mas não conseguimos manter o ritmo na segunda partida. Apesar da derrota, só dependemos de nós mesmos para avançar. Vamos tentar fazer um bom jogo contra os americanos para não dar chance ao azar. É muito importante para nós avançar neste Grand Slam", avaliou Márcio. MULHERES - A chave principal feminina começa nesta quinta-feira em Berlim. Antes disso, nessa quarta-feira, Ângela e Lili passaram pelo qualifying para se juntarem a outras três duplas no Brasil no Grand Slam: Juliana/Larissa, Talita/Maria Elisa e Taiana/Vivian Ângela/Lili, que havia superado Maria Clara/Val e Ágatha/Bárbara Seixas no country-cota, garantiu a classificação superando as canadenses Rodrigues e MacTavish por 2 sets a 1, parciais de 22/24, 21/13 e 15/12.
continua após publicidade