Esportes

Ronaldinho aponta atrasos como 'gota d'água' no Fla

Da Redação ·
Ronaldinho Gaúcho, que deixou o Flamengo na última quinta-feira e acionou a Justiça para cobrar o que o clube lhe deve de salários, voltou a falar sobre o assunto
fonte: Arquivo
Ronaldinho Gaúcho, que deixou o Flamengo na última quinta-feira e acionou a Justiça para cobrar o que o clube lhe deve de salários, voltou a falar sobre o assunto
continua após publicidade
Ronaldinho Gaúcho, que deixou o Flamengo na última quinta-feira e acionou a Justiça para cobrar o que o clube lhe deve de salários, voltou a falar sobre o assunto neste final de semana. Acusado de falta de profissionalismo, o meia-atacante negou que o seu desempenho ruim nos jogos ou nos treinos tenha sido motivado por noitadas e disse que os seguidos atrasos nos pagamentos dos seus vencimentos foram a "gota d''água" para a decisão de sair do clube que o recebeu com grande festa no início do ano passado.
 
Em entrevista para a TV Globo em Porto Alegre, exibida no final da noite do último domingo, o craque ressaltou: "A gota d´água é que foram acumulando vários meses sem receber. Às vezes atrasa alguns dias, paga. Às vezes ''quase junta dois meses em uma semana''. Foram vários dias de atraso"