Esportes

Comissão de Esportes da Assembléia ouve secretário da Copa

Da Redação ·
continua após publicidade

Sob a coordenação do deputado estadual Ney Leprevost, presidente da Comissão de Esportes da Assembléia Legislativa do Paraná, foi realizado nesta segunda-feira (28) um evento sobre a preparação do mundial do estado. A palestra foi proferida pelo secretário estadual para assuntos da Copa 2014, Mario Celso Cunha.

continua após publicidade

Realizado no auditório do plenarinho da Assembléia, o evento contou com a presença do secretário municipal da Copa, Luiz de Carvalho; vereador Jorge Yamawaki; Isaias Bessa, presidente da Associação dos Cronistas Esportivos do Paraná; Adi Andrade, representante do Instituto Curitiba Turismo; Oseil Moura, cônsul-geral do Senegal; e do professor da Universidade Federal do Paraná - UFPR, José Manoel Gândara. Diversos jornalistas esportivos estiverem presentes, entre eles Capitão Hidalgo, Sidney Campos, Osvaldo Tavares de Melo e Jairo Silva.

O secretário falou dos programas que estão sendo desenvolvidos, envolvendo mobilidade urbana, estádio, CTs, turismo, segurança, aeroporto e outras ações. “Muita gente tem me perguntado sobre os investimentos para a Copa. Mais do que isto, nossa preocupação é com a captação de recursos na busca de um legado que vai permanecer”, disse Mario Celso. “Já contabilizamos mais de dois bilhões de recursos captados para nosso estado, sem contar mais um bilhão de reais a fundo perdido, para o Metrô de Curitiba, projeto que não está no programa Copa 2014, mas por causa do mundial o recurso está sendo liberado”, lembrou o secretário.

continua após publicidade

“Nosso objetivo é saber os detalhes sobre o mundial no Paraná para poder apoiar as propostas e garantir uma ótima sede, exemplo para os demais estados”, disse o deputado Ney Leprevost.

continua após publicidade

O cônsul do Senegal destacou a qualidade dos programas apresentados na palestra e comentou sobre o legado a ser deixado. “Gostei de saber dos programas que estão sendo executados, pois com certeza irá deixar um importante legado, como aconteceu na África do Sul”, declarou Oseil. “Lá estão sendo bem aproveitamos os estádios, as novas avenidas, os aeroportos em todas as cidades da África do Sul, um legado extraordinário”, completou.

continua após publicidade

O cronista esportivo Sidney Campos pediu a união dos clubes paranaenses, pois segundo ele “nossa imagem fica desgastada  diante da negativa dos demais clubes em ceder o estádio para os jogos do co-irmão Atlético Paranaense. O clube cedeu seu estádio para o mundial e parece que está sendo punido por isto”, completou.

O cronista Capitão Hidalgo, que participou de várias Copas, falou de sua preocupação com a demora da liberação dos recursos via BNDES, mas acredita numa boa preparação do mundial.

O professor José Manoel Gândara, da UFPR, fez uma exposição sobre como tirar partido dos quatro jogos do mundial na sede de Curitiba, demonstrando dados e pesquisas sobre a importância do turismo na Copa 2014.