Esportes

Corinthians vence o Emelec vai às quartas de final da Libertadores

Da Redação ·
O Corinthians não deu margem para o azar e avançou às quartas de final da Copa Libertadores da América, ao derrotar o Emelec por 3 a 0
fonte: JL/Terra
O Corinthians não deu margem para o azar e avançou às quartas de final da Copa Libertadores da América, ao derrotar o Emelec por 3 a 0

O Corinthians não deu margem para o azar e avançou às quartas de final da Copa Libertadores da América. Na noite de quarta-feira (9), no Estádio do Pacaembu,em São Paulo, o clube do Parque São Jorge ganhou do Emelec, do Equador, pelo placar de 3 a 0, colocando fim a uma "maldição" que assombrava a equipe dentro da principal competição sul-americana. Pela primeira vez desde 23 de maio de 2000, quando passou pelo Atlético-MG por 2 a 1, a equipe voltou a vencer um mata-mata dentro do torneio mais importante do continente.

Após superar os mineiros, o Corinthians caiu na semifinal da própria Libertadores de 2000 para o arquirrival Palmeiras. Em 2003 e 2006, no Morumbi e no Pacaembu, respectivamente, o clube alvinegro caiu ainda nas oitavas de final para o River Plate, da Argentina. Há dois anos, o Flamengo, em pleno Pacaembu, foi o responsável pela queda alvinegra, também nas oitavas. Em 2011, o Deportes Tolima, ainda na Pré-Libertadores, acabou protagonizando um dos maiores vexames da história do clube.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 x 0 EMELEC

Gols:

CORINTHIANS: Fábio Santos, aos 7min do 1º tempo; Paulinho, aos 19min do 2º tempo; e Alex, aos 40min do 2º tempo

CORINTHIANS: Cássio; Edenílson (Alessandro), Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex; Emerson (Douglas) e Willian (Liedson).
Técnico: Tite.

EMELEC: Dreer; Carlos Quiñonez (De Jesús), José Quiñónez, Achilier e Baguí; Pedro Quiñónez, Gaibor, Giménez e Valencia (Mera); Mondaini e Figueroa.
Técnico: Marcelo Fleitas.

Cartões Amarelos
CORINTHIANS: Paulinho
EMELEC: Pedro Quiñonez, Carlos Quiñonez e Figueroa

Árbitro
Dario Ubriaco (Uruguai)

Público e renda
32.577 pagantes e R$ 2.286.061,00

Local
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)


 

continua após publicidade