Esportes

São Paulo vence e reassume a liderança

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia São Paulo vence e reassume a liderança
fonte:
São Paulo vence e reassume a liderança

Com gols de Fernandinho e Samuel (contra), o São Paulo venceu o Catanduvense por 2 a 0 na quinta-feira , na Arena Barueri. Em jogo válido pela 16º rodada, o Tricolor reassumiu a liderança da competição, com 37 pontos. O time do interior ficou na 16º colocação, com 13 pontos.

Na próxima rodada, o time de Leão vai ao Novelli Junior enfrentar o Ituano, domingo, às 18h30. Já o Catanduvense recebe o Guarani, no Sílvio Salles, no mesmo dia e horário.

O jogo


O começo do primeiro tempo mostrou um cenário que não se repetiu no restante da etapa inicial. O Catanduvense as (29) sustou e o São Paulo dominou a posse de bola, com lances incisivos no ataque.

Logo aos dois minutos, o time de Catanduva desceu pelo lado esquerdo da defesa Tricolor com Alex Willian, que tentou chute cruzado na área, mas que não foi aproveitado pelos companheiros de equipe.

Não demorou muito para o São Paulo demonstrar sua superioridade. Aos seis, Willian José recebeu passe de Casemiro, dominou, trouxe para a perna esquerda e chutou colocado para o gol, porém a bola passou ao lado da meta de Filippi.

Aos 19, Cortez tocou para o centroavante do Tricolor, que novamente se livrou da marcação e chutou cruzado, mas a zaga adversária cortou na hora, evitando a abertura do placar.

continua após publicidade

Outro lance de perigo surgiu só aos 38 minutos com Casemiro,  que recebeu cruzamento na área e tentou tocar para Cícero marcar, a vaga afastou mal e Filippi teve de se virar para colocar a bola para escanteio com os pés.

Lucas insistiu em jogadas individuais e até chegou a se livrar de cinco marcadores no mesmo lance, o que não chegou a levar perigo.

O castigo quase apareceu no final da primeira etapa. Aos 42 minutos, quando em um contra ataque rápido, Ricardo Oliveira invadiu a área e chutou cruzado. Denis se esticou no chão para dar um leve toque na bola e desviar para escanteio.

Na volta do intervalo, Leão tirou Jadson e colocou Fernandinho, mas a qualidade do jogo não melhorou. O São Paulo, inclusive, caiu de produção na troca de passes o que prejudicou a criação das jogadas.

Ambos os times não voltaram bem para a segunda etapa, mesmo assim a defesa do catanduvense conseguiu cumprir o seu papel e evitou que o adversário atacasse de forma perigosa.

Só aos 24 minutos de segunda etapa o São Paulo assustou o goleiro Filippi: Lucas chutou de longe e o arqueiro do time de Catanduva bateu roupa, no rebote Osvaldo não conseguiu chegar inteiro para abrir o placar.

A estrela de Fernandinho começou a brilhar aos 30 minutos, quando, em escanteio bem batido, a zaga do Cataduvense proporcionou um bate e rebate na área e a bola sobrou para o atacante do Tricolor desviar para o gol e fazer 1 a 0.

Após levar o gol o catanduvense resolveu parar as jogadas com faltas e desandou a tomar cartões amarelos enquanto o time de Leão administrou o resultado, chegando ao segundo gol no final da partida. Aos 48, Fernandinho tentou o cruzamento e Cleber desviou contra seu próprio patrimônio.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

SÃO PAULO 2 x 0 CATANDUVENSE

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data/Hora: 29/3/2012 – 19h30
Árbitro: Claudinei Forati Silva (SP)
Assistentes: Leandro Almeida dos Santos (SP) e Maria Elisa Correia Barbosa (SP)

Renda/público: R$106.822,00/ 4.539 pagantes
Cartões Amarelos: Cortez (SAO); Alex Willian, Cleber, Douglas e Moreilândia (CAT)
Cartões Vermelhos:
GOLS: Fernandinho, 30'/2°T (1-0); Cleber (contra), 48'/2°T (2-0)

continua após publicidade

SÃO PAULO: Denis; Rodrigo Caio, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denílson, Casemiro (Maicon, aos 18'/2°T), Cícero e Jadson (Fernandinho, intervalo); Lucas e Willian José (Osvaldo, aos 18'/2°T). Técnico: Emerson Leão.

CATANDUVENSE: Filippi; Chiquinho, Ednei, Cleber e Douglas; Ricardo Oliveira, Moreilândia, Nenê Bonilha (Diniz, aos 31'/2°T) e Alex Willian (Jeferson, aos 14'/2°T); Samuel e Alemão (Dairo, aos 22'/2°T). Técnico: Roberval Davino.