Esportes

Woods dá 1.ª entrevista após escândalo e se diz nervoso

Da Redação ·
 Tiger Woods voltará a competir no Masters de Augusta
fonte: Reprodução AP
Tiger Woods voltará a competir no Masters de Augusta

O golfista Tiger Woods concedeu neste domingo a sua primeira entrevista desde o escândalo que se iniciou no fim do ano passado, com o acidente de carro provocado por uma discussão com sua esposa e a descoberta de diversos casos de infidelidade do atleta. Fugindo das perguntas sobre os detalhes da polêmica, Woods admitiu que está "nervoso" pela retorno às competições, que se dará no mês que vem - ele está afastado do circuito desde novembro de 2009.
"Estou um pouco nervoso para ser honesto", reconheceu Woods, que deu entrevistas para a emissora de televisão ESPN e para o canal especializado Golf Channel. Mesmo admitindo a ansiedade pela volta, depois de mais de um mês recluso em uma clínica de reabilitação para tratar um distúrbio sexual, o golfista disse que espera receber o apoio do público. "Seria bom ouvir algumas palmas aqui e ali."

continua após publicidade

Sobre o período em que cometeu os atos de infidelidade, Woods afirmou que "estava vivendo uma mentira. Estava fazendo várias coisas que machucaram muita gente. E parando de negar (para si mesmo) e racionalizando, você começa a chegar à verdade de quem você é, e isso pode ser muito ruim", completou, para depois mostrar otimismo com a recuperação. "A força que sinto agora, eu nunca senti".

Mas o melhor golfista da história evitou as polêmicas sobre as traições e procurou poupar sua esposa, e ex-modelo sueca Elin Nordegren, e seus dois filhos. "Você sabe que está tudo no noticiário policial", disse Woods ao repórter. Além disso, ele novamente admitiu os múltiplos casos extraconjugais. "Apenas uma (vez) é suficiente... E obviamente este não foi o caso."

continua após publicidade

O drama de Tiger Woods começou no dia 27 de novembro, quando se deu o acidente de carro em frente à sua casa na Flórida. Em 11 de dezembro, ele anunciou que estava deixando o esporte por tempo indeterminado. Já internado na clínica de reabilitação, ele fez um pronunciamento no dia 19 de fevereiro, explicando o escândalo. Agora, voltará a competir em abril, no Masters de Augusta, na Geórgia.