Esportes

Milan tropeça e perde chance de liderar o Italiano

Da Redação ·
 Inzaghi faz o gol de empate do Milan de cabeça (Crédito: Reuters)
fonte: Reuters
Inzaghi faz o gol de empate do Milan de cabeça (Crédito: Reuters)

Em pleno San Siro e no dia do aniversário de 30 anos de Ronaldinho, o Milan desperdiçou a chance de alcançar a liderança do Campeonato Italiano ao ficar no empate de 1 a 1 com o Napoli neste domingo. Com o resultado, o Rubro-Negro foi a 59 pontos e segue a um da Internazionale. Campagnaro fez o gol do Napoli e Inzaghi empatou.

continua após publicidade

Atrás de vitória que lhe colocaria em primeiro lugar, o Milan entrou em campo com uma formação bem ofensiva, contando com Seedorf, Ronaldinho, Pato e Inzaghi. Porém, antes mesmo de conseguir levar perigo, o time Rubro-Negro sofreu o primeiro gol num contra-ataque mortal do Napoli. Lavezzi recebeu livre pela direita e rolou para Campagnaro marcar.

Aniversariante do dia, Ronaldinho tentava ditar o ritmo no Milan e, mesmo sem estar num dia brilhante, fez o cruzamento para o gol de empate, de Inzaghi. Após a igualdade no marcador, o time da casa passou a ter mais a posse da bola, mas, mesmo assim, não era o mais perigoso em campo. O Napoli, na base dos contra-ataques e contando com boa atuação de Lavezzi, foi quem mais ameaçou até o fim do primeiro tempo.

continua após publicidade

Na volta para a segunda etapa o panorama da partida pouco mudou. Com Seedorf apagado em campo, Ronaldinho seguiu como o único lúcido e criativo no meio de campo do Milan. Foi dele, inclusive, a boa jogada que quase resultou em gol de Inzaghi logo de cara, mas o goleiro De Sanctis estava atento. O Napoli, por sua vez, seguiu fechadinho e esperando que Lavezzi tirasse um bom lance da cartola que pudesse decidir.

Com o passar do relógio, o Milan foi se lançando ao ataque, mais na base da vontade do que da técnica. Só que dessa maneira passou a dar espaços para o Napoli, que quase chegou ao gol com Quagliarela, mas Abbiati salvou. A medida que o fim se aproximava, o nervosismo da equipe de Milão ia ficando mais evidente. A chance de liderar a competição ainda apareceu quando Seedorf achou Mancini livre, mas o apoiador brasileiro perdeu chance clara ao, sozinho, carimbar o excelente goleiro De Sanctis. No fim, o empate acabou sendo justo, mas muito decepcionante para os torcedores que foram ao San Siro