Esportes

Após findar jejum, Brasil quer ‘ganhar moral’ contra Costa Rica

Da Redação ·
 Mano Menezes tenta experimentar rara calmaria no comando da seleção
fonte: Heuler Andrey/Gazeta Press
Mano Menezes tenta experimentar rara calmaria no comando da seleção

Os resultados da era Mano Menezes ainda estão longe de satisfazer o torcedor. No entanto, a vitória por 2 a 0 diante da Argentina, na semana passada, de certa forma amenizou a pressão em cima do treinador, que venceu seu primeiro clássico. Agora, diante da Costa Rica, nesta sexta-feira (7), às 23h (de Brasília), em San José (CSR), a seleção brasileira quer ganhar confiança.

continua após publicidade

Embora o rival seja modesto, o técnico Mano Menezes sabe que apenas uma sequência de triunfos dará paz para os jogadores poderem arriscar mais e, enfim, exibir o esperado bom futebol.

continua após publicidade

Desta forma, ao menos por enquanto, os atletas descartam a intenção de entrar em campo para dar espetáculo. Foi o que frisou o atacante Neymar.

continua após publicidade

- Vamos jogar o nosso jogo, normal. Tem que ajudar a seleção, nosso papel é esse. Não é fazer show pra torcida. O show vem naturalmente com os gols, com as jogadas. Mas nosso papel é ajudar o time.

No setor ofensivo, o santista terá novamente as companhias de Lucas e Ronaldinho Gaúcho, como ocorreu no duelo contra a Argentina, em Belém. A novidade será o centroavante Fred na vaga de Borges.

continua após publicidade

Na defesa, o veterano Lúcio sequer foi convocado, dando sinais de que Mano quer observar novamente David Luiz ao lado de Thiago Silva. A dupla brilhou nos primeiros amistosos sob o comando do treinador e o defensor do Chelsea (ING) espera se firmar de vez.

continua após publicidade

Provedor GRÁTIS, só no R7 BANDA LARGA

- Servir a seleção requer muita dedicação, muita entrega. Estou vindo jogar com a maior satisfação do mundo. Se tiver outra oportunidade de ser titular, ficarei muito feliz. Se não tiver, vou buscar o meu trabalho e a minha oportunidade.

continua após publicidade

Na Costa Rica, o torcedor, que deverá lotar o estádio Nacional, não verá em ação a maior estrela do time: machucado, o atacante Bryan Ruiz vai desfalcar a equipe. Nada que preocupe o treinador Jorge Luis Pinto.

- A maioria vai ao jogo para assistir ao Brasil atuar, mas aposto que também verão a Costa Rica. Quero um time que valorize a posse de bola, que chame a atenção. Quero nosso time com a bola.

FICHA TÉCNICA COSTA RICA X BRASIL

Local: estádio Nacional, em San José (Costa Rica) Data: 7 de outubro de 2011 (sexta-feira) Horário: 23h (de Brasília) Árbitro: Walter López (Guatemala)

COSTA RICA: Navas; Badilla, Acosta, Mora e Díaz; Azofeifa, Cubero, Bolaños e Hernández; Campbell e Saborío Técnico: Jorge Luis Pinto

BRASIL: Julio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Lucas Leiva, Luis Gustavo e Lucas; Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Fred Técnico: Mano Menezes