Esportes

Justiça manda São Paulo devolver Taça das Bolinhas

Da Redação ·
 Em meio a Rogério Ceni (e) e Zetti (d), o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, celebra a entraga da Taça das Bolinhas ao Tricolor
fonte: Séwrgio Barzaghi/Gazeta Press
Em meio a Rogério Ceni (e) e Zetti (d), o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, celebra a entraga da Taça das Bolinhas ao Tricolor

Novela interminável, a polêmica da Taça das Bolinhas ganhou mais um capítulo nesta terça-feira (4). Em nota, o Flamengo divulgou que a Justiça determinou que o São Paulo devolva o troféu para a Caixa Econômica Federal.

continua após publicidade

Em posse do Tricolor paulista desde o começo do ano, o Rubro-Negro carioca contesta o fato, já que se considera o primeiro pentacampeão nacional.

Tudo por conta do título da Copa União de 1987, que a CBF considerava ser apenas do Sport, até “dividir” a conquista entre o clube pernambucano e o Flamengo, no fim do ano passado.Desde então, o time carioca tenta fazer valer seu título e ter, em definitivo, a Taça das Bolinhas, troféu simbólico dado ao primeiro pentacampeão nacional.

continua após publicidade

No entanto, o São Paulo, que conseguiu o feito em 2007, não abre mão da taça e ainda não se manifestou se irá devolvê-la, conforme decisão do Tribunal de Justiça do Rio, que determinou a devolução por dois votos a um.

Rafael de Piro, vice-jurídico do Flamengo, afirmou que o clube aguarda pacientemente a decisão são-paulina e espera ter a Taça das Bolinhas em sua sede. O time foi pentacampeão ao vencer o Brasileiro de 1992.

- Esperamos agora que o São Paulo cumpra a decisão judicial e devolva a Taça das Bolinhas à Caixa Econômica Federal. O Flamengo é incansável nesta busca. Disse que não iríamos descansar e não vamos enquanto a taça não vier para a Gávea. Tivemos uma vitória administrativa na CBF e, hoje, ela foi confirmada pelo poder judiciário do Rio de Janeiro. Vamos em frente, buscar o que é legítimo.