Esportes

Brasil bate o primeiro grande, conquista Copa Rocca e alivia Mano Menezes

Da Redação ·
 Lucas e Neymar marcaram na vitória sobre a Argentina na Copa Rocca
fonte: ANTONIO SCORZA / AFP
Lucas e Neymar marcaram na vitória sobre a Argentina na Copa Rocca

Em um clima de muita festa, o Brasil venceu a Argentina por 2 a 0, nesta quarta-feira (28) e conquistou a Copa Rocca. O resultado serviu também para aliviar a pressão sobre Mano Menezes, já que o treinador não havia conseguido vencer nenhuma das seleções grandes em sua trajetória.

continua após publicidade

Os gols brasileiros foram marcados por Lucas e por Neymar. Na partida de ida, as duas seleções empataram sem abertura de gols, em Córdoba.

Foi a primeira vitória conseguida por Mano Menezes em jogos contra os chamados grandes do futebol. O treinador já havia perdido para Alemanha, França e para os próprios rivais desta quarta. O Brasil empatou em outro jogo contra a Argentina e contra Holanda.

continua após publicidade

Como todo jogo entre Brasil e Argentina, a partida começou com muita marcação e com os dois times encontrando dificuldades para passar pelas defesas. A Argentina montou um esquema forte defensivamente e o Brasil tinha dificuldades para criar.

O primeiro lance de perigo para o Brasil aconteceu aos 12min com Neymar que fez uma grande jogada individual e bateu forte para boa defesa de Órion. Na sequência a zaga afastou o perigo para escanteio.

Outro lance perigoso do Brasil aconteceu aos 38min com Lucas que fez uma fila e passou para Borges que cruzou rasteiro para Neymar que chegou um pouco atrasado perdendo uma grande chance de abrir o placar.

continua após publicidade

Se o Brasil dominou o início do jogo, na segunda etapa a Argentina começou melhor e ameaçou aos 7min com Fernándes que chutou e obrigou excelente defesa de Jefferson, que jogou a bola para escanteio.

Após a cobrança o Brasil abriu o placar em um excelente contra-ataque puxado pelo lateral-direito Danilo que lançou Lucas ainda em seu campo de defesa. O atacante ganhou na corrida e fusilou o goleiro para colocar o Brasil na frente.

O gol deu tranqüilidade a seleção brasileira que começou a explorar os espaços dados pela defesa portenha, principalmente com Neymar e com o lateral Cortes, que mostrou muita personalidade na partida.

continua após publicidade

O segundo gol era questão de tempo e saiu aos 30min em um rápido contra ataque puxado por Cortes que lançou Diego Souza. O atacante vascaíno cruzou para Neymar que se embolou com o zagueiro e tocou para a bola ir de mansinho para as redes.

A partir desse gol, a Argentina tentou abafar, mas sem sucesso, enquanto o Brasil tocava a bola para comemorar mais uma taça.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 x 0 ARGENTINA

Local: Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), em Belém (PA)
Data: 27 de setembro de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai)
Assistentes: Pablo Fandiño e Mauricio Espinosa (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: Danilo (Brasil); Desábato (Argentina)
Gols:
BRASIL: Lucas, aos oito, Neymar, aos 29 minutos do segundo tempo

BRASIL: Jefferson; Danilo, Dedé, Réver e Cortês (Kleber); Ralf, Rômulo e Lucas (Diego Souza); Neymar, Borges (Fred) e Ronaldinho Gaúcho
Técnico: Mano Menezes.

ARGENTINA: Orión; Cellay, Desábato, Sebá Dominguez ; Pillud (Mouche), Fernández, Guiñazu, Canteros (Bolatti) e Papa; Montillo e Viatri
Técnico: Alejandro Sabella.