Esportes

Internacional vence Atlético Mineiro no Beira-Rio

Da Redação ·

O confronto entre Inter-RS e Atlético-MG, no Beira-Rio, em Porto Alegre,  marcou o encontro de um anfitrião duro – o Colorado não perde em casa há dois meses -, contra um visitante generoso – o Galo só venceu duas partidas fora de casa no Brasileirão.

continua após publicidade

Precisando engatar uma retomada o quanto antes possível, o Galo teve que contornar um imprevisto. O goleiro Renan Ribeiro foi liberado pela comissão técnica para viajar até o interior paulista para acompanhar sua irmã, que sofre de leucemia. Giovanni foi o titular.

continua após publicidade

Com a bola rolando, o Inter-RS não teve dificuldades para dominar as ações e, embora levasse algum perigo no ataque, o Galo corria riscos diante da rapidez do ataque gaúcho.

continua após publicidade

Foi justamente assim que o time gaúcho abriu o placar. Depois de levar sufoco no campo de defesa, o Inter retomou a posse de bola e o volante Bolatti partiu do meio de campo, se livrou da marcação e, da entrada da área, as 26 minutos, marcou seu primeiro gol no campeonato.

O gol descompensou o time mineiro que, nos dez minutos sehuintes, levou dois cartões amarelos – Mancini, por reclamação, e Dudu Cearense, por falta em Andrezinho (foi o terceiro do volante).

continua após publicidade

As 42, Oscar quase marcou o segundo, mas a bola passou perto, assustando a torcida mineira.

continua após publicidade

Para o segundo tempo, Cuca mexeu no Galo. Sacou Richarlysson, que vinha atuando como volante, e colocou o meia Renan Oliveira. Com a bola rolando, o técnico do Atlético cobrava mais disposição do lateral esquerdo Triguinho que, segundo Cuca, precisava se movimentar mais.

continua após publicidade

Para dar mais dinâmica ao time, Cuca arriscou. Tirou Mancini e, em seu lugar, promoveu a estreia de Carlos Cesar, lateral direito contratado na última sexta. O risco compensou. Partiu dele o lançamento, servindo Renan Oliveira que, aos 24 minutos, empatou a partida.

Apesar do susto, o Inter desempatou, aos 31, em lance confuso. Fabrício marcou, o bandeira anulou e o juiz, apontando desvio no zagueiro Leonardo Silva, validou o gol gaúcho.

continua após publicidade

Abalado com o gol, o Galo ainda sofreu outro baque.  Por reclamação, o zagueiro Réver levou amarelo,  estrilou ainda mais e acabou expulso.

Logo depois, foi a vez do Inter ter seu zagueiro expulso. Rodrigo Moledo fez falta dura em Bernard e foi para o chuveiro mais cedo.

Nos último minutos, o Inter conseguiu refrear o entusiasmo do Galo que tentava o empate a todo custo e, ao apito final, o placar apontou  vitória do time da casa, por 2 a 1.

Com o resultado, o Atlético-MG, com 17 pontos, continua na zona de rebaixamento.