Esportes

Stock Car: treinos livres abrem decisão em Santa Cruz do Sul

Da Redação ·

SANTA CRUZ DO SUL - Com a abertura dos treinos livres da 9ª etapa, os 10 pilotos classificados aos playoffs iniciam nesta sexta-feira a primeira das quatro batalhas finais da Stock Car. Depois de fechar a fase seletiva com três vitórias e abrir vantagem de 25 pontos sobre o segundo colocado, Thiago Camilo (RCM) viu a diferença cair para apenas cinco em relação a Max Wilson (RC) por força do regulamento especial da fase decisiva. "Estou me sentindo como um cara que está com o saldo bancário negativo em 16 mil reais e precisa zerar o déficit ou diminuí-lo ao máximo", brinca Maurício Ferreira, diretor-técnico da Medley/Full Time Sports que continua a luta pelo título com o piloto Marcos Gomes na sétima posição e 16 pontos atrás de Camilo.

continua após publicidade

A meteorologia prevê tempo firme no circuito interior gaúcho, distante 160 quilômetros da capital Porto Alegre. Nesta quinta-feira, em meio à montagem dos boxes e últimos ajustes nos carros antes dos ensaios de amanhã, Gomes e seu companheiro de equipe Xandinho Negrão percorreram a pé os 3.530 metros do traçado. O asfalto, considerado de médio consumo de pneus, está em boas condições. "Já andei aqui nesta temporada pela GT3, quando fiz dois terceiros lugares, e está do mesmo jeito", aprovou Xandinho.

continua após publicidade

Gomes acompanhou o trabalho dos mecânicos no seu carro, seriamente avariado no choque contra o muro há duas semanas na corrida de rua em Salvador. "Toda a lateral esquerda, principalmente as suspensões, foi atingida e exigiu a troca de muitas peças, mas agora está tudo bem", disse, sem disfarçar o alívio. Gomes conseguiu economizar um jogo de pneus novos das etapas anteriores, mas não está disposto a utilizá-lo neste fim de semana. "Vamos deixar um pouco mais para frente, já mais perto da definição do título", avisou.

A equipe de Gomes e Xandinho venceu a prova do ano passado em Santa Cruz do Sul com Allam Khodair, que agora corre pela Vogel. O diretor-técnico, no entanto, lembra que os pneus não são os mesmos - os compostos de 2011 são mais duros - e o acerto dos carros pedirá mudanças. Além disso, a corrida foi realizada em outubro e em condições de temperatura mais quentes do que as esperadas para o fim de semana. Nesta quinta-feira, apesar do sol e ausência de nuvens, a temperatura não ultrapassou os 25 graus, mas há previsão de chuva para domingo.