Esportes

Palmeiras deixa vitória escapar duas vezes e só empata com o Atlético-PR

Da Redação ·
 Palmeiras deixa vitória escapar duas vezes e só empata com o Atlético-PR
fonte: Divulgação
Palmeiras deixa vitória escapar duas vezes e só empata com o Atlético-PR

Após ficar duas vezes em vantagem no placar, estar com um homem a mais durante todo o segundo tempo e fazer uma lambança com o goleiro Marcos, o Palmeiras cedeu o empate por 2 a 2 ao Atlético-PR nesta quarta-feira (7) em Curitiba pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

continua após publicidade

O resultado marcou a terceira partida sem vitória do time paulista, que foi ultrapassado pelo Fluminense e caiu para a 7ª colocação do Nacional. Depois de vencer o Corinthians, o Palmeiras tinha conquistado apenas um ponto nos últimos dois jogos. O time paulista perdeu para o Botafogo, no Rio de Janeiro, por 3 a 1 e apenas empatou com o Cruzeiro, no Pacaembu, por 1 a 1.

Com o resultado, o Palmeiras ficou com 34 pontos. Já o Atlético-PR alcançou 19 pontos e não se mexeu na tabela – está na penúltima posição.

continua após publicidade

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Internacional, no Pacaembu, em partida marcada para domingo (11) às 16h. Já o Atlético-PR vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo no mesmo dia, só que um pouco mais tarde – às 18h.

O jogo

Dono da casa e de olho em um resultado positivo para fugir da zona de rebaixamento, o Atlético-PR tomou a iniciativa do jogo e ameaçava o Palmeiras com as descidas de Guerrón pelo lado direito. No entanto, o Palmeiras abriu o placar com Henrique aos 15min. O clube paulista cobrou rápido falta marcada pela direita, Kleber cruzou e o defensor cabeceou sozinho.

continua após publicidade

Apesar do tento, os paranaenses continuaram em cima dos paulistas em busca do empate, mas as jogadas paravam na zaga palmeirense. Depois do gol, o jogo ficou truncado por causa das seguidas faltas de ambos os times.

O Atlético-PR chegou ao empate na primeira vez que chegou com perigo na meta palmeirense. Aos 34min, após cobrança de escanteio de Marcinho da esquerda, Marcos Assunção cabeceou, mas não conseguiu afastar o perigo. A bola sobrou livre na segunda trave para Guerrón empurrar para o gol.

Aos 36min, o Atlético-PR perdeu Cleber Santana. O volante fez falta em Luan e recebeu o cartão amarelo. Insatisfeito com a marcação, o jogador aplaudiu a decisão do juiz, que sacou outra vez o amarelo e expulsou o atleta. Antes de terminar o primeiro tempo, o comandante do Furacão, Antonio Lopes, colocou Kleberson – e tirou o atacante Adaílton - para recompor o meio-campo.

continua após publicidade

Na segunda etapa, o Palmeiras aproveitou a vantagem de ter um homem a mais em campo e voltou a ficar à frente do marcador. Aos 7min, Marcos Assunção cobrou escanteio e Luan cabeceou firme, mas o goleiro Renan Rocha fez ótima defesa. No rebote, a bola sobrou para Fernandão, que não desperdiçou.

Dois minutos depois, o time paulista quase ampliou com Chico, que, após outro escanteio, acertou o travessão do Atlético-PR. O Palmeiras continuou pressionando, mas foram os paranaenses que chegaram ao gol.

continua após publicidade

Aos 24min, Marcinho cobrou falta rápido para a correria de Guerrón, que matou no peito e colocou na frente. O goleiro Marcos tentou acertar aonde o jogador colocaria a bola, mas fez falta grotesca no atacante e cometeu o pênalti. Na cobrança, Marcinho deslocou o arqueiro e empatou a partida.

No final da partida, o Palmeiras buscou mais o terceiro gol que o Atlético-PR, que se segurava para manter o marcador igual. O time paulista tentou o terceiro gol por meio do "chuveirinho", mas a defesa paranaense afastou todas as bolas e o marcador ficou mesmo no 2 a 2.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-PR 2 x 2 PALMEIRAS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 7 de setembro de 2011, quarta-feira
Público: 12.219 pessoas
Renda: R$ 201.330,00
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (Fifa-RJ) e Rodrigo F. Henrique Correa (RJ)
Cartões amarelos: Marcelo Oliveira, Deivid, Cléber Santana, Kléberson e Mádson (Atlético-PR); Thiago Heleno, Kléber, João Vítor, Marcos, Cicinho e Tinga (Palmeiras)
Cartão vermelho: Cléber Santana (Atlético-PR)

Gols:
ATLÉTICO-PR: Guerrón, aos 34 minutos do primeiro tempo; Marcinho (pênalti), aos 25 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Henrique, aos 14 minutos do primeiro tempo; Fernandão, aos sete minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Renan Rocha; Edílson, Manoel, Rafael Santos e Héracles; Deivid, Cléber Santana, Marcelo Oliveira (Mádson) e Marcinho; Adaílton (Kléberson) e Guerrón (Pablo)
Técnico: Antônio Lopes

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Henrique, Thiago Heleno (Leandro Amaro) e Gabriel Silva; Chico, Marcos Assunção e Patrik (Tinga); Luan, Kleber e Fernandão (Ricardo Bueno)
Técnico: Luiz Felipe Scolari