Esportes

Ceará e Internacional ficam no 1 a 1 em Fortaleza

Da Redação ·
 Jô marcou o gol que garantiu ao Inter o empate contra o Ceará
fonte: Reprodução/Site Oficial do Internacional
Jô marcou o gol que garantiu ao Inter o empate contra o Ceará

Encerrando o domingo (4) de futebol na Série A do Campeonato Brasileiro, Ceará e Internacional se enfrentaram no Presidente Vargas, em Fortaleza, e fizeram um jogo bem disputado. No final, o empate por 1 a 1 fez justiça ao futebol de ambos.

continua após publicidade

O resultado manteve as duas equipes colocadas na zona intermediária da tabela. O Inter chegou aos 29 pontos e ultrapassou o Atlético-GO, que estava na nona posição. O Ceará foi a 26 e se manteve no 13º lugar, à frente do Santos.

Na próxima rodada, quarta-feira (7), os dois times tentam engatar no Campeonato Brasileiro. O Alvinegro de Fortaleza vai ao Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo, às 16 horas (de Brasília), no Engenhão, enquanto os colorados voltam a atuar em casa no mesmo horário, diante do América-MG, dono da pior campanha da competição.

continua após publicidade

O jogo deste domingo pode ser resumido em poucas palavras: muita correria e pouca criatividade das equipes, que lutaram, mas pecaram pela falta de técnica.

Os lances que merecem ser destacados são o gol de Washington, de pênalti, aos 34min, e de Jô, no primeiro minuto da etapa final.

CEARÁ 1 X 1 INTERNACIONAL

continua após publicidade

Local: estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE) Data: 4 de setembro de 2011, domingo Horário: 18 horas (de Brasília) Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP) Assistentes: Fábio Rogério Baesteiro (SP) e Kilden Lucena (PB) Cartões amarelos: Nei e Rodrigo Moledo (Inter)

Gols: CEARÁ: Washington (pênalti), aos 35 minutos do primeiro tempo INTER: Jô, a um minuto do segundo tempo

CEARÁ: Diego; Patrick, Fabrício, Erivelton e Vicente; Heleno, Michel, Eusébio (Edmilson) e Enrico (Felipe Azevedo); Osvaldo e Washington Técnico: Vagner Mancini

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Elton, Guiñazu (Sandro Silva), Andrezinho e Oscar (Alex); Dellatorre (Ilsinho) e Jô Técnico: Dorival Júnior