Esportes

Palmeiras vacila, empata com Cruzeiro e sai vaiado

Da Redação ·
 Fernandão disputa bola no jogo
fonte: FERNANDO DANTAS / Gazeta Press
Fernandão disputa bola no jogo

O Palmeiras não consegue embalar no Campeonato Brasileiro. Depois de abrir o placar hoje no segundo tempo, o time cedeu o empate, ficou no 1 a 1 com o Cruzeiro e fica cada vez mais longe de brigar pelo título do torneio.

continua após publicidade

Com o empate, foi a 33 pontos, sete a menos do que o líder Corinthians, que perdeu hoje do Coritiba, fora de casa. O Cruzeiro foi a 28 e também fica com pretensões modestas no Nacional.

Felipão voltou a ter problemas para escalar o time hoje. Kleber, que chegou a ser confirmado para o jogo no sábado (3), voltou a sentir dores no joelho direito e mais uma vez não atuou (já havia ficado de fora contra o Botafogo).

continua após publicidade

Valdivia está com a seleção chilena, enquanto o zagueiro Thiago Heleno se recupera de uma amigdalite. Sem o trio, o treinador colocou Patrik na armação e Vinicius no ataque ao lado de Fernandão e Luan, que voltou de suspensão. Na zaga, Mauricio Ramos ganhou nova chance.

O time mineiro jogou pela primeira vez sob o comando de Emerson Ávila, que substituiu Joel Santana, demitido durante a semana após a derrota por 4 a 2 para o Figueirense, em casa.

O jogo

continua após publicidade

O Palmeiras começou bem. Logo aos 5min, Marcio Araújo arriscou chute de fora que passou próximo à trave direita do goleiro cruzeirense Rafael. Mas quem achou que veria uma partida emocionante por isso se decepcionou.

O que se viu foi uma forte disputa pela bola, vontade, desarmes e pouca criatividade. Depois disso, somente uma boa chegada, aos 33min, do Cruzeiro. Após cruzamento de Montillo, Anselmo Ramon se antecipou a Mauricio Ramos e Marcos e quase abriu o placar.

O Verdão voltou melhor na segunda etapa e logo criou duas boas chances. Aos 10min, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Luan, que chutou travado por Naldo. Quatro minutos depois, Cicinho cruzou da direita para Fernandão, que cabeceou para boa defesa de Rafael.

De tanto insistir, o time paulista marcou. Aos 23min, Luan fez boa jogada, tabelou com Fernandão e chutou. Rafael defendeu, mas o mesmo Luan pegou o rebote para empurrar para o fundo do gol: 1 a 0.