Esportes

América-MG encerra jejum de vitórias com goleada sobre o Vasco

Da Redação ·
André Dias (esq.) marcou dois gols na goleada do América-MG
fonte: Marcelo Sadio/Agif/Gazeta Press
André Dias (esq.) marcou dois gols na goleada do América-MG

O América-MG encerrou em grande estilo o jejum de cinco partidas sem vitória pelo Campeonato Brasileiro. O time mineiro goleou o Vasco por 4 a 1, neste domingo (4), em Sete Lagoas-MG, e ganhou novo ânimo para lutar contra o rebaixamento na competição. Já a equipe carioca viu a liderança ficar mais distante.

continua após publicidade

Jogando sob forte calor, a equipe mineira se aproveitou das bolas cruzadas na área para André Dias, Kempes e Marcos Rocha marcaram os gols do Coelho. Juninho Pernambucano, em uma bela cobrança de falta, marcou o gol de honra do Vasco.

continua após publicidade

Com os resultados da rodada, o Vasco perdeu a vice-liderança para o São Paulo, que neste sábado (3) bateu o Figueirense fora de casa. A equipe carioca só não se distanciou da ponta porque o líder Corinthians também perdeu, para o Coritiba, por 1 x 0.

continua após publicidade

Já o América-MG, que venceu a terceira partida na competição, chegou aos 17 pontos, ainda seis pontos atrás do Santos, que é a primeira equipe fora da zona do rebaixamento.

O Vasco agora enfrenta o Coritiba, algoz do Corinthians nesta rodada, na próxima quinta-feira (8), em São Januário, às 20h30 (horário de Brasília). O América-MG vai tentar manter o embalo no campeonato contra o Internacional, no Beira-Rio, na quarta-feira (7), às 16h.

continua após publicidade

O jogo

continua após publicidade

O Vasco começou melhor a partida, tentando imprimir um ritmo forte. Logo aos 2 minutos, a equipe carioca teve a primeira oportunidade com Diego Souza. O meia entrou na área e chutou de pé direito, mandando a bola rente à trave e assustando o goleiro Neneca.

A equipe do América-MG procurava segurar o ímpeto do adversário e, aliada ao forte calor em Sete Lagoas-MG, tornou a partida mais morna e sem grandes chances de gol. O Vasco tentava furar a retranca, sem grande sucesso. Os dois times erravam muitos passes no meio-campo.

continua após publicidade

Em poucos minutos, no entanto, a partida deixou de ser cadenciada e ganhou emoção. Aos 19 minutos, André Dias recebeu sozinho um lançamento na área a apenas tocou para o gol, abrindo o placar para o América-MG. A festa mineira não durou muito. Um minuto depois, Diego Souza foi derrubado na entrada da área.

continua após publicidade

Os jogadores vascaínos pediram a marcação de um pênalti, mas o árbitro Sandro Meira Ricci marcou apenas falta. Suficiente para, em jogada ensaiada, Juninho Pernambucano chutar com perfeição, aos 21 minutos, para empatar a partida.

O América-MG passou a partir para cima do Vasco. Aos 37 minutos, Marcos Rocha forçou o goleiro Fernando Prass a realizar grande defesa. A pressão deu certo aos 41 minutos, quando André Dias sofreu pênalti do lateral Fagner. Kempes cobrou bem a penalidade, sem chances para Prass, colocando o América-MG na frente do placar.

continua após publicidade

No segundo tempo, as duas equipes voltaram a campo sem alterações. O ritmo de jogo também não se alterou. Vasco e América-MG passaram os primeiros minutos da etapa final se estudando. A equipe mineira procurava manter a posse de bola para segurar o placar favorável.

continua após publicidade

O Coelho tentava se aproveitar do contra-ataque para definir a partida. Aos 13 minutos, Kempes fez um belo lançamento na direita para Marcos Rocha, que encobriu o goleiro Fernando Prass e ampliou a vantagem do América-MG.

Com um 3 a 1 nas costas, o técnico interino Cristóvão Borges resolveu mexer na equipe do Vasco, sacando Juninho Pernambucano e Diego Souza, para as entradas de Fellipe Bastos e Bernardo. A equipe passou a criar algumas oportunidades de gol, como a chance perdida por Eder Luis aos 19.

continua após publicidade

Aos 33, o Vasco teve nova oportunidade com Bernardo, que fez um belo lançamento para Fágner, que chutou cruzado. Ninguém aproveitou a chance.

continua após publicidade

O América-MG passou a dominar a partida, se aproveitando do cansaço vascaíno. Aos 40 minutos, brilhou novamente a estrela de André Dias, que fez uma linda tabela com Léo, chutou de esquerda e não deu chances para Fernando Prass, fechando a goleada.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 4 X 1 VASCO-RJ

Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 04 de setembro de 2011 (domingo)
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e César Augusto de Oliveira Vaz (DF)
Público: 2.644 pagantes
Renda: R$ 23.355

Cartões amarelos: Marcos Rocha e Dudu (América-MG); Renato Silva (Vasco)

GOLS

AMÉRICA-MG: André Dias aos 19 do primeiro tempo e aos 41 min do segundo tempo; Kempes aos 41 min do primeiro tempo; Marcos Rocha aos 13 min do segundo tempo;
VASCO: Juninho Pernambucano, aos 21 min do primeiro tempo;

AMÉRICA-MG: Neneca; Otávio, Micão e William Rocha; Marcos Rocha, Dudu (Leandro Ferreira), Amaral, Ulisses (Rodriguinho) e Gilson; Kempes (Léo) e André Dias
Técnico: Givanildo Oliveira

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Renato Silva, Victor Ramos e Márcio Careca; Rômulo, Eduardo Costa, Juninho Pernambucano (Fellipe Bastos) e Diego Souza (Bernardo); Éder Luís e Élton (Leandro)
Técnico: Cristovão Borges