Esportes

Alegando problemas, Renato Gaúcho deixa o Atlético-PR

Da Redação ·
Alegando problemas particulares, Renato Gaúcho deixa o Atlético-PR
fonte: Arquivo
Alegando problemas particulares, Renato Gaúcho deixa o Atlético-PR

Durou pouco menos de dois meses a passagem de Renato Gaúcho no Atlético-PR. Nesta quinta-feira, o técnico alegou estar com problemas particulares, para justificar sua saída do comando técnico do Furacão, que vem brigando contra o rebaixamento neste Campeonato Brasileiro.

continua após publicidade

Demitido do Grêmio, Renato chegou ao clube em situação crítica: a equipe havia conseguido apenas um ponto em oito jogos, e amargava a lanterna do Brasileirão. Sob seu comando, o clube demonstrou uma reação, chegando a, inclusive, ficar sete jogos sem perder.

continua após publicidade

Nesta quarta-feira, o Atlético-PR perdeu, em casa, para seu xará mineiro, que também luta contra a degola. Atualmente, o Furacão está na 19ª colocação do Brasileiro, com 18 pontos - o Avaí, primeira equipe fora da zona de rebaixamento, tem 20.

Entre os que brigam pela vaga deixada por Renato está, inclusive, um conhecido da torcida atleticana: Paulo César Carpegiani, que deixou o clube para trabalhar no São Paulo, em 2010, aparece como favorito para livrar o campeão brasileiro de 2001 do rebaixamento. De acordo com Marcos Malucelli, presidente do Furacão, até domingo a equipe deverá anunciar quem será o novo comandante.