Esportes

Vasco joga bem, supera trauma e homenageia Ricardo Gomes

Da Redação ·
De mãos dadas, jogadores de Vasco e Ceará oram antes de a bola rolar pelo estado de saúde de Ricardo Gomes
fonte: Ernesto Carriço / Agência O Dia
De mãos dadas, jogadores de Vasco e Ceará oram antes de a bola rolar pelo estado de saúde de Ricardo Gomes

O elenco do Vasco prometeu e cumpriu. Na chuvosa noite desta quarta-feira (31) em São Januário, a equipe encontrou forças para superar o drama vivido pelo técnico Ricardo Gomes e, com segura atuação, derrotou o Ceará, por 3 a 1, em duelo marcado pelas homenagens ao treinador.

continua após publicidade

Antes de a bola rolar, atletas do Vasco e do Ceará se reuniram no centro do gramado e oraram, acompanhados pelos torcedores, em cena emocionante.

continua após publicidade

Nas arquibancadas, gritos com o nome do treinador e muitas faixas e cartazes. Em uma dessas, o torcedor dizia: “Força Ricardo Gomes! A sua recuperação será o título mais importante conquistado por nós”.

Internado em estado grave desde domingo (28), quando sofreu um AVC hemorrágico durante o clássico contra o Flamengo, Ricardo Gomes começou a dar sinais de recuperação nesta quarta-feira.  Os medicamentos que controlam a pressão arterial foram retirados e Gomes já responde bem, tendo iniciado o trabalho de fisioterapia.

continua após publicidade

Animados com as boas notícias, os jogadores vascaínos não decepcionaram. Com boa atuação, o time, agora dirigido por Cristovão, auxiliar de Ricardo Gomes, construiu seu triunfo e provou novamente ser candidato ao título, chegando aos 38 pontos, a dois do líder Corinthians.

continua após publicidade

O Ceará, por sua vez, voltou a mostrar a irregularidade que o caracterizou durante todo o primeiro turno. Nem de longe exibiu a boa atuação da última rodada, quando venceu o Bahia, e permaneceu com 25 pontos.

Os dois times voltam a campo neste domingo (4). Às 16h, o Vasco vai até Sete Lagoas (MG) encarar o América-MG. Às 18h. será a vez de o Ceará receber o Internacional, no Presidente Prudente, em Fortaleza.

continua após publicidade

Vasco esbarra em Diego no começo

O nome do primeiro tempo foi o goleiro Diego, do Ceará. Em três oportunidades o arqueiro realizou milagres para evitar que os mandantes abrissem o placar. Contudo, a primeira chance carioca, logo aos 2min, parou na trave, quando Eder Luis aproveitou corta-luz de Alecsandro e carimbou o poste direito cearense.

continua após publicidade

Por sinal, a dupla de ataque vascaína se movimentou bem, mas enervou o torcedor com as chances desperdiçadas. Aos 4min, Eder Luis levantou para Alecsandro. Livre na pequena área, o centroavante cabeceou no alto e Diego espalmou de forma brilhante.

continua após publicidade

Aos 16min, o Ceará, que pouco atacou, perdeu Marcelo Nicácio, machucado, entrando Washington. Doze minutos depois, Eder Luis fez fila, passou por cinco marcadores e, na cara de Diego, chutou em cima do goleiro. No rebote, Alecsandro bateu rasteiro e Diego conseguiu espalmar novamente.

Na segunda etapa, Eder Luis compensou a falta de competência dos 45min iniciais. Para isso, contribuiu, e muito, a entrada de Elton no lugar de Alecsandro. Flilipe Bastos também entrou no lugar do canso Juninho e o Vasco ganhou em mobilidade.

continua após publicidade

Logo aos 6min, Eder Luis fez jogada espetacular pela ponta direita, driblou dois marcadores, entrou na área e rolou para Elton desviar e marcar. Dez minutos depois, Diego Souza puxou contra-ataque e tocou para Marcio Careca. O lateral cruzou na medida para Eder Luis escorar e fazer o dele.

A festa da torcida vascaína foi interrompida aos 18min, quando Renato Silva recuou no fogo para Fernando Prass, que se atrapalhou e perdeu a bola para Osvaldo. No rebote, Washington empurrou para a rede.

Menos mal que, dois minutos depois, o Vasco retomou a rédea do confronto. Flilipe Bastos chutou cruzado e, no caminho, Elton desviou para ampliar e anotar o segundo no jogo. No fim, a torcida, de pé, celebrou o triunfo com ao coro de: "Ah, Ricardo Gomes!".

FICHA TÉCNICA
VASCO X CEARÁ

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 31 de agosto de 2011 (quarta-feira)
Horário: 18h(de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Guilherme Camilo (MG) e Fabrício da Silva (GO)
Cartões amarelos:
Gols: VASCO: Elton, aos 6min e 20min, Eder Luis, aos 16min, do segundo tempo
CEARÁ: Washington, aos 18min do segundo tempo

VASCO: Fernando Prass; Allan, Dedé, Renato Silva e Márcio Careca; Eduardo Costa, Rômulo, Juninho Pernambucano (Filipe Bastos) e Diego Souza (Bernardo); Eder Luis e Alecsandro (Elton)
Técnico: Cristovão Borges

CEARÁ: Diego; Patrick (Felipe Azevedo), Fabrício, Erivelton e Vicente; Michel (Edmilson), Heleno, Eusébio e Thiago Humberto; Osvaldo e Marcelo Nicácio (Washington)
Técnico: Vágner Mancini