Esportes

Federação Paranaense de Automobilismo completa 50 anos

Da Redação ·

Destacando-se por seu pioneirismo no esporte motor, a Federação Paranaense de Automobilismo completa 50 anos na próxima segunda-feiraO automobilismo do Paraná está em festa. Segunda-feira a Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) estará completando 50 anos. Fundada no dia 29 de agosto de 1961, a entidade que administra o esporte motor no Paraná é hoje uma das mais atuantes do Brasil.

continua após publicidade

O pioneirismo da Federação Paranaense aparece logo em primeiros dias de existência, quando no dia 7 de setembro de 1961, nove dias depois de sua fundação, entra para a história como uma das entidades fundadoras da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). As outras entidades fundadoras da CBA são a Federação de Automobilismo de São Paulo, Federação Gaúcha de Automobilismo, Federação Carioca, Federação Mineira, além do Automóvel Clube de Brasília e Automóvel Clube de Blumenau (SC).

continua após publicidade

Rubens Gatti, atual presidente da FPrA, destaca o trabalho realizado por todos os dirigentes que passam pela entidade desde a sua fundação, enfatizando que o trabalho deles fez com que o Paraná seja hoje referência a nível nacional. “Hoje, somos reconhecidos pela CBA com uma das federações mais atuantes do Brasil”, acentua Gatti.

continua após publicidade

Gatti também destaca que no Paraná surgiram categorias e competições que hoje são destaques a nível nacional. “No Paraná nasceram competições como a Copa Brasil e o Sul-brasileiro de Kart. Também foi no Paraná que nasceram categorias como a Fórmula Truck, Pick-up Racing, Arrancadão de Tratores e a categoria Cadete no Kart”, frisa Gatti.

continua após publicidade

O automobilismo paranaense também se notabiliza por revelar talentos. “O Paraná revelou muitos talentos para o automobilismo nacional e internacional. Muitos chegaram a Fórmula 1. A nível nacional temos representantes em todas as categorias”, informa Gatti.

continua após publicidade

Para o futuro, Rubens Gatti diz que a sua preocupação como presidente será dar uma administração mais profissional à FPrA. “O automobilismo paranaense está crescendo a cada temporada. Isto cria novas exigências. Temos material humano hoje para realizar até oito corridas simultâneas no Estado. Mas precisamos pensar também que o automobilismo é importante para a economia porque gera muito empregos na área de mecânica e hoje muitos pilotos faz deste esporte a sua profissão. Temos espaço para crescer e vamos trabalhar para aproveitar todas as oportunidades que surgirem nos próximos anos”, finaliza Rubens Gatti, que também é presidente da CNK (Comissão Nacional de Kart), órgão da CBA; da CSK (Comissão Sul-americana de Kart), e membros da CIK/FIA (Comissão Internacional de Kart), órgão da FIA (Federação Internacional de Kart).

Atual diretoria

Toda entidade de sucesso necessita de uma equipe que se dedicam em sua administração. A FPrA não é diferente. A diretoria que administra o automobilismo paranaense em seu momento histórico tem como presidente Rubens Gatti, de Rolândia; vice-presidentre, Nelci Ferrari (Toledo) e segundo vice-presidente, Bento Tino (Foz do Iguaçu).

O Conselho Fiscal tem como membros titulares Roberto Cirino (Francisco Beltrão), Delcio Bertasso (Apucarana) e Nelson Fernandes (Rolândia), enquanto que os suplentes serão Luiz Santos Camargo (Telêmaco Borba) e Marwan Antoum (Londrina).

.