Esportes

Corinthians sofre com a pontaria e perde para o Figueirense por 2 a 0

Da Redação ·
Bem marcado, Danilo produziu pouco neste sábado
fonte: Fernando Dantas/Gazeta Press
Bem marcado, Danilo produziu pouco neste sábado

O Corinthians sofreu com a pontaria de seus meias e atacantes e foi surpreendido pelo Figueirense neste sábado (20), no Pacaembu. Com a derrota por 1 a 0, o Timão estacionou no 37 pontos e perdeu a chance de conquistar antecipadamente o título simbólico de campeão do primeiro turno do Brasileirão.

continua após publicidade

Mesmo assim, vai terminar a 18ª rodada na liderança porque ainda tem três pontos e duas vitórias a mais que o Flamengo, segundo colocado. A vitória deixou o Figueirense com 26 pontos, na parte de cima da tabela.

continua após publicidade

Na próxima rodada, a 19ª, última do primeiro turno e recheada de clássicos, o Corinthians terá o Palmeiras pela frente, no domingo (28), às 16h, em Presidente Prudente. No mesmo dia, o Figueirense pega o Avaí, às 18h, no Orlando Scarpelli.

continua após publicidade

O jogo começou bem disputado, tanto é que as duas equipes se revezaram no ataque logo nos dez primeiros minutos. A primeira chance foi do Figueirense, aos 4min, mas Julio Cesar defendeu. No minuto seguinte, Liedson arriscou de fora da área e mandou a bola para fora.

O Corinthians, armado por Tite com Danilo e Alex na armação, não conseguia passar pela defesa do Figueirense tocando. O jeito era investir nas jogadas individuais. Foi assim que Alex conseguiu criar o primeiro lance real de perigo para o Timão. Aos 13min, ele driblou dois zagueiros e foi derrubado na entrada da área. Na cobrança, Chicão bateu bem, mas o goleiro Wilson triscou os dedos na bola, que explodiu no travessão.

continua após publicidade

Com amplo domínio da partida, o Corinthians voltou a ameaçar aos 22min, de novo com Alex. O meia recebeu dentro da área e chutou fraco de meia-bicicleta. Wilson defendeu com tranquilidade.

continua após publicidade

A partir daí o Figueirense se organizou melhor em campo e passou a s

gurar mais a bola. Mesmo com mais posse, o time catarinense não conseguia levar perigo ao gol corintiano. Até que aos 33min, Alessandro apoiou o ataque e deixou o espaço livre na direita da defesa do Timão. Dois minutos depois, o Figueira armou contra ataque rápido com Julio Cesar, que aproveitou a ausência do lateral-direito do rival e cruzou para o meio da área. Wellington Nem se antecipou a Welder e só empurrou para as redes para marcar o seu segundo gol no brasileiro: 1 a 0.

continua após publicidade

O gol assustou os corintianos e fez a equipe visitante se fechar ainda mais na defesa. Na saída para o intervalo, Chicão já mostrava preocupação com o resultado.

- O campo molhado está atrapalhando as duas equipes, mas o Figueirense esta com mais posse de bola e precisamos equilibrar isso.

continua após publicidade

Já o meia Fernandes, do Figueirense, resumiu o que foi a primeira etapa para os catarinenses.

continua após publicidade

- Nosso time se portou bem na marcação e aproveitou a única chance que teve. Temos que manter a posse de bola ser mais objetivo. O Corinthians é perigoso, mas temos que usar os contra-ataques para tentar o segundo gol.


 

No segundo tempo, Tite colocou o atacante Emerson no lugar de Welder, que estava improvisado na lateral esquerda. Só que o Sheik não teve o mesmo desempenho da partida anterior, quando participou dos três gols do Corinthians na virada por 3 a 2 sobre o Atlético-MG.

continua após publicidade

Mesmo assim, o Timão criou inúmeras chances de gol, principalmente com Alex. Ele quase empatou a partida em duas cobranças de falta, mas a bola foi para fora.

continua após publicidade

Aos 14min, Tite deu a última cartada para tentar reverter o resultado. Tirou Danilo e mandou o atacante Willian para o jogo. Dois minutos depois, o atacante entrou na área driblando e bateu colocado, no canto direito do goleiro Wilson. A bola bateu na trave e voltou para o meio da área, mas ninguém aproveitou o rebote. Willian chegou ao nono jogo sem marcar pelo Timão.

Apesar do amplo domínio da partida, o Corinthians sofreu demais com a pontaria e amargou a terceira derrota no Brasileirão, a segunda como mandante. De quebra, perdeu a chance de conquistar antecipadamente o título simbólico de campeão do primeiro turno.

Aos 46min, o Figueirense aproveitou novo contra-ataque e matou o jogo com Wilson Pittoni: 2 a 0.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 2 FIGUEIRENSE

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 20 de agosto de 2011, sábado
Horário: 18 horas (de Brasília)
Público: 26.256 pagantes
Renda: R$ 860.674,50
Árbitro: Fabrício Neves Corrêa (RS)
Assistentes: Marcelo Bertanha Barison e Júlio César Rodrigues Santos (ambos do RS)
Cartões amarelos: Danilo (Corinthians); João Paulo e Wilson (Figueirense)
Gols:
FIGUEIRENSE: Wellington Nem, aos 34 minutos do primeiro tempo; Pittoni, aos 47 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Welder (Emerson); Ralf, Paulinho (Edenilson), Danilo (Willian) e Alex; Jorge Henrique e Liedson
Técnico: Tite

FIGUEIRENSE: Wilson; Bruno, João Paulo, Edson Silva e Juninho; Ygor, Túlio, Maicon (Coutinho) e Fernandes (Pittoni); Wellington Nem (Roger) e Júlio César
Técnico: Jorginho