Esportes

Fluminense vence o Figueirense e se recupera no Brasileirão

Da Redação ·

Após duas derrotas consecutivas, o Fluminense se recuperou no Campeonato Brasileiro ao vencer o Figueirense por 3 a 0 na noite desta quarta-feira (17), no Engenhão, pela 17ª rodada da competição. Embora Fred, sua maior estrela, não estivesse em campo, foi justamente seu substituto quem brilhou: Rafael Moura marcou duas vezes para o time da casa, e ainda deu assistência para o gol de Edinho.

continua após publicidade

O Fluminense foi melhor durante toda a partida, mas só conseguiu abrir o placar no segundo tempo. Logo aos 3min, Rafael Moura tocou para Edinho marcar um belo gol. Dois minutos depois, o próprio atacante roubou a bola de João Paulo, invadiu a área e marcou o segundo dos cariocas. Aos 23min, novamente o camisa 10 balançou as redes, de cabeça.

continua após publicidade

Com a vitória, o Fluminense sobe para a sétima posição, com 24 pontos. Já o Figueirense, com apenas um ponto a menos, está na nona posição na tabela. No sábado (20), os catarinenses enfrentam o Corinthians. Os cariocas terão um clássico contra o Vasco neste domingo (21).

O jogo

continua após publicidade

Com o jovem meia argentino Lanzini no lugar de Souza, o Fluminense começou a partida tentando dar velocidade ao jogo para não deixar o Figueirense se organizar na marcação.O time de Santa Catarina mantinha apenas o atacante Somália na frente e tentava chegar à área tricolor com lançamentos para os laterais Bruno e Juninho.

Aos 12min, Lanzini fez sua primeira boa jogada, penetrando pelo meio da defesa catarinense e lançando Mariano que tentou passar para Rafael Moura mas o passe foi bloqueado pelo zagueiro Edson Silva. Logo depois foi a vez de Rafael Moura chutar mas a zaga aliviou. Um chute de Carlinhos aos 13min foi parar nas redes de Wilson mas a arbitragem marcou impedimento de Rafael Moura.

continua após publicidade

O Fluminense voltou a ter uma grande chance para marcar quando Rafael Moura cabeceou após cobrança de escanteio e Wilson fez grande defesa.

continua após publicidade

O Figueirense assustou a torcida tricolor com um chute de Elias que passou bem perto da trave esquerda de Cavalieri. Aos 39min, Júlio César bateu forte e obrigou Diego Cavalieri a sua primeira defesa dificil. No minuto seguinte, o goleiro tricolor voltou a aparecer bem em chute violento de Elias que penetrou livre pelo meio da defesa tricolor.

No último lance importante do primeiro tempo, Lanzini driblou um marcador e chutou forte para grande defesa de Wilson que espalmou para escanteio.

continua após publicidade

Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo e logo aos 3min, o Fluminense marcou o primeiro gol. Rafael Moura recebeu dentro da área e segurou a bola até rolar para Edinho que se aproximou da área e mandou uma bomba sem qualquer chance de defesa para Wilson. O Tricolor ampliou dois minutos depois. O zagueiro João Paulo tinha a jogada dominada mas vacilou. Rafael Moura tomou a bola e teve calma para escolher o melhor ângulo e chutar sem dar chance para o goleiro Wilson.

continua após publicidade

O Fluminense só voltou a aparecer na área catarinense aos 17min quando Marquinho cruzou, Ygor furou e Rafael Moura perdeu a chance de marcar o terceiro gol, batendo para fora. O time carioca seguiu pressionando e chegou ao terceiro gol aos 23min. Mariano fez ótima jogada pela direita e cruzou na cabeça de Rafael Moura que só teve o trabalho de escolher o canto.

continua após publicidade

O Figueirense desanimou e o time dirigido por Abel Braga se preocupou em administrar o resultado, mas ainda teve chance de anotar o quarto gol quando Rafael Moura cabeceou e a bola bateu na trave de Wilson.

FLUMINENSE 3 X 0 FIGUEIRENSE

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 17 de agosto de 2011 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Pedro de Araújo (AL)
Cartão Amarelo: Fernando Bob (Fluminense); Elias (Figueirense)
Gols: Edinho aos três; Rafael Moura aos quatro e 22 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Mariano (Wallace), Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho,Valencia, Marquinho (Martinucio) e Lanzini; Rafael Sobis (Fernando Bob) e Fred
Técnico: Abel Braga

FIGUEIRENSE: Wilson, Bruno, João Paulo (Roger Carvalho), Edson Silva e Juninho; Ygor, Túlio (Leandro Chaves), Maicon e Elias; Júlio César e Somália (Héber)
Técnico: Jorginho