Esportes

Em jogo movimentado, Guarani e Paraná empatam em Araraquara

Da Redação ·
 Guarani e Paraná ficaram no 1 a 1 na Fonte Luminosa, em Araraquara-SP
fonte: Divulgação
Guarani e Paraná ficaram no 1 a 1 na Fonte Luminosa, em Araraquara-SP

O jogo entre Guarani e Paraná Clube foi bom, movimentado, com bola na trave e várias chances claras de gol. O resultado, porém, foi ruim para ambos. Bugre e Tricolor ficaram no 1 a 1 na noite desta terça-feira, na Fonte Luminosa.

continua após publicidade

Diante de apenas 600 pagantes, o atacante Denílson abriu o placar em belo chute de fora da área. O time paranaense partiu para a pressão e chegou ao empate com gol creditado a Giancarlo.

Com o resultado, o Guarani chega aos 20 pontos, mas cai para a 17ª posição da Série B e entra na zona de rebaixamento. Já o Paraná, com 28 pontos, continua no terceiro lugar. Os times voltam a campo no sábado, às 16h20m (horário de Brasília). O Bugre recebe o Salgueiro na Fonte Luminosa, em Araraquara-SP. O Tricolor enfrenta o Sport na Vila Capanema, em Curitiba-PR.

continua após publicidade

Muitas chances; nenhum gol

Os times entraram em campo com poucas mudanças em relação à última rodada. Aislan na vaga do suspenso Bruno e Fernandão no lugar de Denilson foram as novidades do Bugre. No Tricolor, além de Brinner improvisado na direita, no lugar de Lisa, outra alteração foi a volta de Giancarlo ao comando de ataque.

Invicto há quatro jogos, mas pressionado pela proximidade com o Z-4, o Guarani começou melhor e quase abriu o placar logo aos seis minutos com Fernandão, que tentou marcar por cobertura. Na sequência, Fabinho chutou forte para nova defesa do goleiro paranista. O Bugre diminuiu o ritmo e só voltou a assustar aos 32, quando Bruno acertou a trave de Zé Carlos.

continua após publicidade

Nesse intervalo, o Paraná teve três oportunidades para abrir o placar. Giancarlo de letra passou perto; Everton Garroni desviou de cabeça e também errou o alvo; por fim, Welington cobrou falta por cima do gol adversário.

Muitas chances; dois gols

Assim como na etapa inicial, o ritmo do segundo tempo também foi intenso, com chances claras de gol. Com mais posse de bola, o Guarani ficou no quase aos dois e aos dez, mas a primeira foi para fora e a segunda parou nas mãos de Zé Carlos. Para tentar melhorar a pontaria do Bugre, o técnico Giba trocou Fernandão por Denílson. Seis minutos depois de entrar, o jogador bateu da entrada da área e fez um golaço, sem chance para o goleiro paranista.

continua após publicidade

Em desvantagem no placar, Roberto Fonseca trocou o volante Serginho pelo meia-atacante Jefferson Maranhão. A troca deu resultado, e o Paraná cresceu no jogo. Giancarlo perdeu duas chances após cruzamentos de Lisa e Gleidson. Welington, de longe, assustou o goleiro Emerson. Aos 32, a pressão deu resultado. Gleidson cruzou rasteiro, Giancarlo e Jonnathans dividiram e a bola foi para o gol. O bugrino foi o último a tocar na bola, mas o árbitro creditou o gol ao atacante paranista.

Depois do gol de empate tricolor, o jogo - que já era movimentado - ficou completamente aberto. Como o empate era ruim para ambos, os dois times partiram em busca do gol da vitória. O Guarani tentou com Felipe; o Paraná respondeu com Zé Carlos. Porém, não dava tempo para mais nada: Guarani 1 a 1 Paraná Clube.