Esportes

Corinthians deixa vitória escapar em casa, mas segue na liderança

Da Redação ·
Com um belíssimo gol, Alex bem que tentou, mas defesa deixou vitória escapar
fonte: Gazeta Press
Com um belíssimo gol, Alex bem que tentou, mas defesa deixou vitória escapar

Num jogo marcado pela emoção e que valia a liderança do Campeonato Brasileiro, o Corinthians deu o tom: Tite se mostrou emocionado com a homenagem surpresa recebida por seus 100 jogos no comando do time. Abordado pelos repórteres e com os olhos marejados, o treinador mal conseguia falar, tomado pela emoção.

continua após publicidade

Assim ficou Julio Cesar, que teve seu nome gritado pela torcida, antes da bola rolar contra o Ceará, no Pacaembu. Alessandro também foi saudado pelos corintianos presentes no estádio, após um longo afastamento dos gramados.

O time paulista teve mais domínio de bola nos primeiros minutos de jogo. Na primeira chance do Ceará, somente aos 7min, Michel levantou bola na área, Fabrício ajeitou para o meio e Leandro Cástan afastou. Um pouco melhor, o Corinthians resolveu acordar e partiu com força total para cima do adversário. Tanto que William, aos 13min, desperdiçou mais um gol para a história. Assim como Paulinho que, no minuto seguinte, quase marcou, parando nas mãos do goleiro Diego – e na bandeira que, incorretamente, marcou impedimento do jogador.

continua após publicidade

O primeiro bom momento do time cearense, que exigiu esforço do goleiro Julio Cesar, foi quando Felipe Azevedo é lançado na esquerda, entra na área e toca para o meio. O goleiro corintiano pega com firmeza e é aplaudido.

Após mais algumas tentativas fracas e sem grande perigo para a zaga do Ceará, foi a vez de Paulinho receber, aos 24min, um presente de Danilo: após bela troca de passes, na entrada da área. O goleiro Danilo chegou a dar um tapa na bola, mas espalmou-a para dentro do gol, permitindo ao Corinthians abrir o placar.

Achando que o jogo estava praticamente dominado, a defesa corintiana “dormiu” por instantes e, numa tremenda bobeada aos 29min, Leandro Castán e Chicão brincam de “deixa que eu deixo”, no momento do recuo para Julio Cesar. Osvaldo se adianta e coloca para dentro do gol corintiano.

continua após publicidade

Mas já na saída de bola, menos de um minuto depois, Alex acertou uma verdadeira paulada da intermediária - indefensável para o goleiro Danilo - e coloca o Timão na frente mais uma vez.

Heleno e Fabrício, do Ceará, foram contemplados com um cartão amarelo por chegadas perigosas e fortes em Jorge Henrique e William, respectivamente. Além disso, o time não fez muito mais do que dar um leve susto em Julio Cesar, na cobrança de escanteio, por volta de 43min. Aliás, Heleno e Wagner Mancini, técnico cearense, saíram de campo reclamando muito da arbitragem e, segundo eles, do desequilíbrio na distribuição de cartões.

Para a segunda etapa, as duas equipes voltaram a campo sem modificações. Mas logo aos 9min, Welder entra no lugar de Ramon, que sentiu dores e saiu de carrinho. O Ceará volta melhor e começa a pressionar, marcando a saída de bola corintiana com eficiência. Boiadeiro se movimentava bem na área, provocando certa confusão na marcação alvinegra. O time apostava nos lançamentos e cobranças de Egídio, enquanto Julio Cesar garantia a segurança.

continua após publicidade

Vendo o Corinthians recuar e o Ceará aproveitar-se para dar velocidade aos ataques, Tite tirou William e colocou Liedson, que passou recentemente por uma intervenção cirúrgica no joelho. O Ceará também tratou de se previnir e viu Washington entrar no lugar de Roger. Ralf e Rudnei se estranharam e o árbitro precisou intervir.

Aos 30min, Welder faz boa jogada pela esquerda e cruza fechado. Diego espalma para o meio, Jorge Henrique tenta o chute e o goleiro do time cearense evita o gol. Já aos 36min, Egídio cruzou da esquerda e Marcelo Nicácio completa para o gol.O árbitro anula a jogada e marca impedimento do atacante. Pouco tempo depois, numa cobrança de escanteio, Michel cabeceia firme, Júlio César espalma para o meio e Rudnei toca para empatar a partida.

Com o empate em mesmo número de gols com o Flamengo, que também levou dois gols do Figueirense em Santa Catarina, o Corinthians divide a primeira colocação com o rubro-negro, mas ainda leva vantagem de uma vitória, mantendo-se líder por mais uma rodada.