Esportes

Flamengo ganha do Atlético-PR por 1 a 0

Da Redação ·
Ronaldinho comemora o gol que marcou, de pênalti, na vitória do Flamengo
fonte: Rudy Trindade/Gazeta Press
Ronaldinho comemora o gol que marcou, de pênalti, na vitória do Flamengo

Ronaldinho Gaúcho nem precisou ser titular para decidir mais uma partida. Poupado por estar desgastado fisicamente, o camisa 10 do Flamengo atuou por apenas 30 minutos e, mesmo assim, deu o triunfo ao Rubro-Negro carioca diante do Atlético-PR, por 1 a 0, no duelo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana.

continua após publicidade

O astro marcou, de pênalti, aos 37min. A falta foi sofrida por Jael, que recebeu passe açucarado de Ronaldinho e foi derrubado pelo goleiro Santos. Lance que salvou um jogo que, no geral, foi para lá de desinteressante.

continua após publicidade

A começar pelas escalações. Além de Ronaldinho, o técnico Vanderlei Luxemburgo também deixou Thiago Neves, Renato e Deivid no banco. Os dois primeiros entraram juntos com o camisa 10, aos 15min do segundo tempo.

continua após publicidade

Já o Atlético-PR teve apenas Cleber Santana e Morro García de titulares. Os outros nove que iniciaram o jogo são reservas da equipe de Renato Gaúcho, que está na zona do rebaixamento do Brasileiro.

Com o revés, os paranaenses precisarão vencer por dois gols no dia 24, na Arena da Baixada. Se devolver o placar de 1 a 0, forçará a decisão por pênaltis.

continua após publicidade
continua após publicidade

Antes de se enfrentarem, os times têm compromissos pelo Brasileiro. Em Florianópolis, o Flamengo encara o Figueirense, neste domingo (14), às 16h. Um dia antes, o Atlético-PR joga no Morumbi contra o São Paulo, às 18h30.

O primeiro tempo deve ter dado sono aos poucos torcedores presentes ao Engenhão. Muito modificadas, as equipes erraram demais. Atuando com três zagueiros, o Flamengo não viu seus alas avançarem com frequência, enquanto os visitantes também careceram de criatividade.

continua após publicidade

O torcedor só deve ter se mexido na cadeira do estádio quanto Luiz Antonio arriscou chute fraco, aos 27min, mas que encobriu Santos no quique da bola e saiu raspando a trave paranaense. Seria um frangaço.

continua após publicidade

O lance ao menos despertou um pouco as equipes, com duas viradas que assustaram. Aos 34min, Cleber Santana girou bonito e, de primeira, mandou raspando o travessão carioca. Aos 45min, Jael virou em cima da zaga do Furacão e obrigou Santos a espalmar para fora.

continua após publicidade

A segunda etapa seguia o mesmo ritmo da primeira, quando, aos 15min, Vanderlei Luxemburgo resolveu colocar em campo Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e Renato, nas vagas de David, Diego Maurício e Luiz Antonio.

Se não foi brilhante, o Flamengo ao menos passou a mandar no jogo e encurralou o Atlético-PR. As chances passaram a surgir. Aos 17min, após troca de passes, Bottinelli bateu cruzado e Wendel salvou quase em cima da linha. Aos 26min, Renato arriscou da intermediária e Santos espalmou.

Aos 37min, Ronaldinho decidiu o confronto. O camisa 10 deu lindo passe para Jael, que foi atropelado por Santos ao tentar driblá-lo. Pênalti, que o astro cobrou à meia altura e correu em direção ao pequeno grupo de torcedores para comemorar.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X ATLÉTICO-PR

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de agosto de 2011 (Quarta-feira)
Horário: 21h50(de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques (Brasil)
Assistentes: Erich Bandeira (Brasil) e Altemir Hausmann (Brasil)
Cartões amarelos: David (F); Wendel (A)
Gols: FLAMENGO: Ronaldinho Gaúcho, aos 37min do segundo tempo

FLAMENGO: Felipe; Gustavo, David (Ronaldinho) e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Aírton, Luiz Antonio (Renato), Bottinelli e Junior Cesar; Diego Maurício (Thiago Neves) e Jael
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO-PR: Santos; Wagner Diniz, Gustavo, Rafael Santos e Marcelo Oliveira; Wendel (Guerron), Fransérgio, Robston e Cléber Santana; Rodriguinho (Edigar) e Morro García (Renan)
Técnico: Renato Gaúcho