Esportes

Jogador da Portuguesa promete reencontrar namorada morta "em breve"

Da Redação ·
O atacante Rafael Silva, da Portuguesa, se manifestou no Twitter na segunda-feira (1º) sobre a morte de sua namorada
fonte: Lancenet
O atacante Rafael Silva, da Portuguesa, se manifestou no Twitter na segunda-feira (1º) sobre a morte de sua namorada

O atacante Rafael Silva, da Portuguesa, se manifestou no Twitter na segunda-feira (1º) sobre a morte de sua namorada, Flávia Anay de Lima, de 16 anos, que caiu do 15.º andar do prédio onde os dois moravam na madrugada do último domingo (31).

continua após publicidade

Rafael, que não tem jogado por causa de um descolamento de retina, escreveu em seu microblog que espera se reencontrar "em breve" com a garota.

continua após publicidade

- Estou muito abalado pois minha princesinha se foi. Igual à tatoo (sic) que você fez para mim, te amo eternamente. Ainda sei que um dia vou te encontrar onde você estiver, em breve passarei pro seu mundo. Te amo.

continua após publicidade

Logo depois, o jogador postou outra mensagem com conteúdo parecido.

- Meu mundo está vazio porque me abandonou meu amor. Em breve vou até você.

continua após publicidade

O caso havia sido registrado inicialmente como suicídio, mas as circunstâncias encontradas no apartamento e o histórico de brigas entre o casal fizeram a delegada seccional Elisabete Sato abrir inquérito como morte suspeita.

continua após publicidade

- Vamos investigar até para preservar a imagem do jogador, fazer tudo com transparência e apurar o que aconteceu em respeito à família da jovem. Pode ser que a versão do jogador, de que foi suicídio, esteja correta. Mas vamos investigar.

continua após publicidade

Também no Twitter, Rafael descreveu, no dia 12 de julho, uma das brigas com a namorada.

- Minha muié (sic) me abandonou. Vou voltar a jogar futebol no domingo e voltar a sorrir.

A investigação

A família da garota não acredita na hipótese de que ela tenha se jogado. Segundo a delegada, o apartamento onde os dois moravam, na Vila Carrão, zona leste de São Paulo, estava bem desarrumado. Também havia manchas de sangue espalhadas pelo local. Na versão do jogador, ele estaria bebendo em um bar próximo ao local e a namorada foi buscá-lo, dando início a uma briga.