Mais lidas
Especial

Projeto vai promover aprendizagem criativa na rede estadual de ensino

.

O projeto Seed Lab, desenvolvido pela Diretoria de Políticas e Tecnologias Educacionais (DPTE) da Secretaria de Estado da Educação, vai implantar novas metodologias de aprendizado criativo para incentivar o uso de novas tecnologias educacionais no ambiente escolar. 

O Seed Lab será assessorado por pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Universidade de Massachusetts (MIT), dos Estados Unidos.Em março, o projeto paranaense foi selecionado pela Fundação Lemann e pela MIT, por meio do Desafio Aprendizagem Criativa Brasil 2017, para ser acompanhado por pesquisadores do instituto americano. 

No início deste mês de maio, o diretor de Políticas e Tecnologias Educacionais, Eziquiel Menta, participou de reuniões com pesquisadores norte-americanos e visitou escolas que trabalham com metodologias de aprendizagem criativa. 

“Essa experiência serviu para conhecer novas práticas que incentivam o aprendizado criativo, sem colocar limites nas ideias dos alunos e sem priorizar o uso das máquinas, mas sim a construção do conhecimento coletivo”, disse Menta.Uma das novas metodologias em implantação no Seed Lab se relaciona ao conceito de aprendizagem criativa conhecido como 4Ps: projetos, parceria, paixão e pensar brincando. 

“Durante as visitas, observamos estudantes criando novas tecnologias sem o uso de microeletrônica, mas com materiais simples, utilizando conceitos criativos. Sabemos que, no Paraná, muitos dos nossos professores já experimentam atividades assim. Vamos aproveitar essas experiências e planejar estratégias para trabalhar essa metodologia com nossos alunos e professores para que possamos passar de consumidores de tecnologia para criadores de novas ideias”, destacou Menta.

O Seed Lab pretende desenvolver atividades que possibilitem a resolução colaborativa de problemas, experimentação, desenvolvimento tecnológico e compartilhamento de conhecimento com uso de impressoras 3D, cortadoras a laser, robótica educacional com kits lego, introdução à programação utilizando o software scracth e o uso do arduíno (plataforma de hardware livre).

O foco do projeto está em estudantes dos ensinos fundamental e médio, professores, coordenadores pedagógicos e diretores das escolas da rede estadual de ensino, além de membros da comunidade escolar.

Na prática
No início deste mês, a Secretaria de Estado da Educação promoveu um dia dedicado ao incentivo da aprendizagem de programação por blocos. Professores e estudantes tiveram a oportunidade de conhecer melhor uma plataforma de programação gratuita com linguagem gráfica lúdica, desenvolvida pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts. 

O movimento Scratch Day foi realizado em todo o mundo. No Paraná foram 35 eventos que movimentaram estudantes dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NREs).As atividades desenvolvidas no Seed Lab estão articuladas à ação 6 do programa Minha Escola Tem Ação (Meta), da Secretaria da Educação, que prevê a promoção de práticas pedagógicas e gestão escolar com incentivo ao uso de novas tecnologias nas escolas da rede estadual de ensino.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber