Mais lidas
Especial

Balanço da PRE aponta queda de 13% no número de acidentes nas rodovias estaduais 

.

Os policiais militares fizeram bloqueios, abordagens, vistorias, fiscalizações e testes de etilométricos, contando com o apoio de um cão farejador. Foto: Assessoria
Os policiais militares fizeram bloqueios, abordagens, vistorias, fiscalizações e testes de etilométricos, contando com o apoio de um cão farejador. Foto: Assessoria

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) desencadeou, entre às 14 horas de sexta-feira (28/04) e até às 23 horas de segunda-feira (01/05), a Operação 1º de Maio nos mais de 12 mil km de rodovias estaduais. O objetivo da ação era garantir a segurança de todos aqueles que fossem utilizar as estradas do estado, seja para o litoral ou para o interior do estado. Os policiais militares efetuaram bloqueios, abordagens, vistorias, fiscalizações e testes de etilométricos, contando com o apoio de um cão farejador. 

No Paraná o BPRv registrou 94 acidentes, 11 mortes, 90 feridos, quatro atropelamentos, 1.153 testes etilométricos, 3.331 imagens de radar, 1.740 autuações no geral, das quais sete pelo Art. 165 (infração de trânsito) e duas pelo Art 306 (crime de trânsito), além de 50 veículos retidos. Em 2016 foram 109 acidentes, sete mortes, 95 feridos, dois atropelamentos, 160 testes etilométricos, 2.421 imagens de radar, 1.338 autuações no geral, das quais cinco foram pelo Art. 165 e quatro pelo Art 306, e 89 veículos retidos. 

“Observamos o excesso de velocidade por parte de alguns condutores e também a passagem ou ultrapassagem em locais não adequados, colocando em risco a sua vida e ade terceiros. Diminuímos os acidentes das rodovias em razão da nossa fiscalização, sendo que alguns tratam-se de colisão frontal e outros de capotamentos. Atuamos de forma muito firme com a utilização de radares e etilômetros, trazendo uma consciência para àqueles motoristas que por vezes acham que não serão fiscalizados”, afirma o Comandante do BPRv, tenente-coronel Antônio Zanatta Neto.

LITORAL – Nas rodovias que ligam a região litorânea do Paraná o BPRv registrou cinco acidentes, sete feridos, um atropelamento, oito testes etilométricos, 742 imagens de radar, 85 autuações no geral e quatro veículos foram retidos. Em 2016 foram dois acidentes, um ferido, um atropelamento, uma autuação pelo Art. 165, 452 imagens de radar, 143 autuações no geral e 14 veículos foram retidos. 

“Vamos continuar com as nossas fiscalizações e orientações, intensificando ainda mais neste mês de Maio quando são mundialmente realizadas campanhas de prevenção e de educação no trânsito, visando a preservação da vida que é o nosso maior patrimônio. Estaremos atuando diretamente com a comunidade para trazer maior conscientização a todos”, destaca o tenente-coronel Zanatta.

Operação
Durante as ações as equipes utilizaram radares, fizeram testes etilométricos e abordagens a veículos com o intuito de apreender drogas e armas, bem como localizar foragidos da justiça. Os policiais rodoviários acompanharam o fluxo de veículos e reforçaram a fiscalização em diversos trechos para inibir, principalmente, a embriaguez ao volante, além de outras atitudes perigosas no volante como a ultrapassagem em local proibido, o excesso de velocidade e infrações que possam ocasionar acidentes fatais. 

“Nesta operação também tivemos algumas atividades específicas para inibir e coibir o roubo de cargas, bem como o furto e roubo a ônibus nas rodovias. Contamos com ações pontuais”, acrescenta o tenente-coronel Zanatta. Em todo o ano de 2016, nas rodovias estaduais, o BPRv registrou 21 roubos a ônibus e em 2017 foram 10. Já o roubo a caminhão foram cinco no ano passado e apenas um neste ano.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber