Especial

Igreja faz advertência sobre recanto

Da Redação ·
Recanto foi criado há 5 anos depois de uma suposta aparição da Imaculada Conceição
fonte: Delair Garcia
Recanto foi criado há 5 anos depois de uma suposta aparição da Imaculada Conceição

A Igreja Católica decidiu ontem se manifestar sobre o Recanto Nossa Senhora de Lourdes, na região do núcleo Afonso Alves de Camargo, em Apucarana. No local, centenas de fieis acompanham supostas aparições periódicas da Imaculada Conceição. A Diocese afirma ter recebido reclamações sobre curandeirismo e exorcismo no local.

continua após publicidade


As supostas aparições, que ocorrem há cinco anos, já estavam vem sendo acompanhadas pela Igreja. Ontem, contudo, o bispo de Apucarana, Dom Celso Antônio Marchiori se pronunciou a respeito de denúncias que chegaram a ele.


O bispo pediu, ainda, que não fossem celebradas missas, e tampouco distribuída a eucaristia no recanto. “São preceitos da Igreja e que devem ser adotados até que investiguemos o caso. Estou sabendo que estariam trazendo as hóstias consagradas de outra diocese”, disse Dom Celso Marchiori.

continua após publicidade


“Recebi telefonemas, e-mails e cartas de pessoas que disseram ter sido enganadas com a oferta de curas, venda de remédios medicinais e exorcismo. Isto a Igreja desaprova. A fé e a crença não deve ter preço”, diz o dirigente diocesano.


O bispo também sugeriu que autoridades tomem providências, caso esteja ocorrendo curandeirismo no local.

continua após publicidade


Ontem, o vidente Valdecir Antônio Morotti, 50 anos, preferiu não se manifestar sobre o recente posicionamento da Igreja.
Ele disse que a associação de voluntários, que coordena o recanto, iria se reunir à noite, em oração para oferecer resposta prudente ao caso.


Ele afirmou apenas que precisa ter cautela, porque deve obediência ao bispo, além de responsabilidade com a comunidade crente nas manifestações de Nossa Senhora.


Fora os dias das aparições, os voluntários e devotos se reúnem para orar em horários determinados.

continua após publicidade


O vidente, durante o dia, também atende individualmente pessoas que visitam o recanto em busca de aconselhamento e orações. Ele nega, entretanto, que ocorra cobrança pelo atendimento.

continua após publicidade

Aparição neste domingo


Somente hoje o Recanto Nossa Senhora de Lourdes deve dar resposta às afirmações da Igreja. Informações levantadas pela reportagem revelam que as atividades relatadas pela Igreja podem estar ocorrendo em uma propriedade vizinha ao Recanto Nossa Senhora de Lourdes, que trabalha com ervas medicinais.


O recanto Nossa Senhora de Lourdes foi fundado há cinco anos pelo construtor civil Valdecir Morotti, que afirma ter sido agraciado com as visitas da santa há 11 anos.


Em 2005, ela teria determinado que ele viesse a esta chácara em Apucarana, uma propriedade particular, para fundar ali um centro de oração e devoção cristã. Desde então, teriam sido registradas 35 aparições. Posteriormente, a propriedade foi doado a uma associação formada por devotos da santa.


Nos dias de aparição, centenas de pessoas, de diversos estados, participam das orações e do momento da vidência, quando Morotti transcreve mensagens supostamente repassadas pela Santa. A próxima manifestação da Virgem deve acontecer neste domingo, (27). (E.S.)