Especial

Mochila muito pesada pode causar lesões em crianças

Da Redação ·
 Imagem Ilustrativa
fonte: Google Imagens
Imagem Ilustrativa

Mais do que driblar as despesas do início do ano e comprar o material escolar das crianças, os pais devem, na volta às aulas, estar atentos à organização da mochila dos filhos. O ideal é que sejam encontradas formas de se prevenir riscos à saúde dos pequenos, como os provocados por bolsas muito pesadas.

continua após publicidade


O ortopedista Benjamin Tatesuji, de Apucarana, alerta que mochilas com alças de um lado só devem ser evitadas. Se a opção for por modelos mais tradicionais, a criança deve ser orientada a usar uma alça em cada ombro.


“Na hora da compra, é importante observar os produtos. A bolsa deve ser bem almofadada e ter alças reguláveis largas, de quatro centímetros em média”, diz ele, ao apontar que a presença do cinto-abdominal também pode ajudar a evitar problemas na coluna ao deixar a mochila mais próxima do corpo.

continua após publicidade


O médico ainda recomenda que o peso dos materiais escolares não ultrapasse 10% do peso da criança. Com isso, uma pessoa de 30 quilos não pode carregar mais do que três quilos de material. Crianças com sobrepeso ou obesidade, no entanto, devem considerar o peso adequado para sua faixa etária para fazer esse cálculo. “Esse é um dos principais fatores na prevenção. Além disso, o peso deve estar bem distribuído e a regulagem não deve deixar a bolsa muito para baixo”, salienta.
Tatesuji aponta que mesmo que a família adquira mochilas com rodinhas, os cuidados não devem ser descartados. “É necessário ajustar a altura adequadamente”, diz.


A professora da equipe de ensino do Núcleo Regional de Educação (NRE), Santa Eleni Paulino, observa que os pais devem também acompanhar a programação escolar dos filhos. “Assim, eles podem ajudar as crianças a não levar a lista inteira de materiais para o colégio todos os dias”.


Além disso, ela assinala que é fundamental tomar medidas que auxiliem na durabilidade dos materiais escolares, como encapar cadernos e livros didáticos. “No caso dos livros, que são materiais não descartáveis de um ano para o outro, outros alunos poderão utilizá-los. Com uma capa simples, de um papel colorido que se tem em casa, mantemos o material mais limpo e com menos desgaste”, orienta.